Acir dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Acir Filló)
Acir Filló dos Santos
14º Prefeito de Ferraz de Vasconcelos Bandeira de Ferraz de vasconcelos.jpeg
Período 1 de janeiro de 2013
até 4 de dezembro de 2015
Antecessor(a) Jorge Abissamra
Sucessor(a) José Izidro Neto
Dados pessoais
Nascimento 13 de março de 1972 (49 anos)
Engenheiro Beltrão
Partido PSDB
Profissão Comerciante

Acir Filló dos Santos, nascido Acir dos Santos, mais conhecido como Acir Filló (Engenheiro Beltrão, 13 de março de 1972), é um empresário, escritor e político brasileiro.[1] Em 2012, foi eleito prefeito de Ferraz de Vasconcelos.[2] Seu mandato foi encerrado em dezembro de 2015 em razão de sua cassação política.[3][4], condenado por lavagem de dinheiro em ação movida pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do MP-SP (Ministério Público de São Paulo)[5]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Engenheiro Beltrão, no Paraná em 13 de março de 1974, Acir dos Santos, ganhou o apelido de Filló ainda na infância, em razão de um comercial de televisão.

Na década de 70 famílias de todo País migraram para São Paulo em busca de melhores oportunidades de emprego e qualidade de vida. Não foi diferente para Nelson Francisco dos Santos (natural de Salto, no interior de São Paulo) e Dona Valdelice Lindalva dos Santos (natural de Feira de Santana, Bahia), pais de Filló, que não tinham estudo nem profissão, pois cresceram na roça, trabalhando como agricultores.

Assim que Filló nasceu, sendo ele o quinto filho de uma família que depois chegaria a nove irmãos (Ailton, Nilson, Laercio, Valdir, Acir, Valmir, Simone, Sandra e Vagner), toda família abandonou a lavoura no norte paranaense e desembarcaram em São Paulo, em busca de oportunidades.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Acir dos Santos disputou sua primeira eleição em 1992 para o cargo de vereador, mas não conseguiu votos suficientes para se eleger. Apenas em 2000, Filló conseguiu eleger-se vereador por Ferraz de Vasconcelos, sendo eleito em 2006 o mais jovem presidente da câmara do vereadores da cidade.[6] Em 2008, se candidatou a prefeitura pelo PDT, mas acabou sendo derrotado por Jorge Abissamra do PSB e em 2012 elegeu-se ao cargo com 35.640 votos (42,04%) dos votos válidos.[7]

Em dezembro de 2015, foi afastado da prefeitura da cidade acusado de corrupção, dando lugar ao seu vice, Izidro.[8][9]

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Livro[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2006, em meio à disputa interna no PSDB para decidir quem seria o candidato do partido à presidência da república, Filló lançou uma biografia romanceada de Geraldo Alckimin, a obra recebeu o nome de "Geraldo Alckmin - o menino, o homem, o político". Além da família Alckmin, Filló contou com a ajuda da primeira-dama para escrever o livro.[10][11] Para Acir sobrou a acusação de que o mesmo teria aproveitado-se da disputa presidencial para promover seu livro. Diante dos questionamentos, Filló chegou a reconhecer que o lançamento do livro naquele momento foi intencional.[1]

Rede Social[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2015, uma rede social evangélica em seu nome, evidentemente inspirada no Facebook com o nome de "FaceGlória" foi criada, ganhando repercussão mundial acusada de plágio.[12][13][14] Em mesmo momento, também teria tentado registrar o "FaceBarça".[15]

Atualmente o site briga judicialmente com o Facebook, que pede que o nome seja alterado por cópia não autorizada da marca.[16][17] Possui cerca de 200 mil usuários cadastrados.[18]

Expulsão do PSDB[editar | editar código-fonte]

Após ser expulso do PSDB e ser impedido de participar das eleições municipais pelo partido, Acir acusou o partido e Geraldo Alckimin de se envolverem com corrupções. Porém, o atual governador de São Paulo negou tais acusações.[19]

Prisão[editar | editar código-fonte]

Acir Filló foi preso em 27 de abril de 2017[20], e segue encarcerado na Penitenciária de Tremembé[21].

Referências

  1. a b «Candidatos - Deputado Federal - São Paulo». Folha de S.Paulo 
  2. «Mogi News - Com 35 mil votos, Ferraz escolhe Filló como prefeito». Moginews.com.br. Arquivado do original em 20 de outubro de 2013 
  3. «Contratos assinados por Acir Filló somam R$ 6,7 milhões, diz MP». Mogi das Cruzes e Suzano. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  4. «Prefeito de Ferraz de Vasconcelos é afastado do cargo, diz procuradora». Mogi das Cruzes e Suzano. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  5. «Ex-prefeito de Ferraz de Vasconcelos é condenado por lavar dinheiro». R7.com. 29 de janeiro de 2020. Consultado em 30 de janeiro de 2020 
  6. «DAT - Acir dos Santos - Inimigo» (1). Consultado em 16 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 9 de novembro de 2013 
  7. «O Diário de Mogi». Consultado em 28 de outubro de 2014. Arquivado do original em 26 de outubro de 2014 
  8. «Vice-prefeito de Ferraz assume administração, diz prefeitura». Mogi das Cruzes e Suzano. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  9. «Pagamento de benefícios atrasados em Ferraz será nesta quinta, diz Izidro». Mogi das Cruzes e Suzano. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  10. «Livro faz biografia romanceada de Alckmin». Folha de S.Paulo. Consultado em 28 de outubro de 2014 
  11. «ISTOÉ». Consultado em 28 de outubro de 2014 
  12. «Olhar Digital: Notícia: Faceglória: brasileiros lançam rede social para cristãos». Olhar Digital - O futuro passa primeiro aqui. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  13. «I Spent Several Hours On Facegloria, The Christian Facebook | Unicorn Booty». Unicorn Booty (em inglês). plus.google.com/102293954426420600409. Consultado em 24 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2015 
  14. «Facebook warns 'Facegloria' of possible infringement». USA TODAY. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  15. «Faceglória vs. Facebook: briga entre redes sociais agora está na Espanha». www.tecmundo.com.br. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  16. «Facebook quer acabar com rede social cristã "Facegloria", mas criadores querem paz | EXAME.com». Exame. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  17. «Em defesa do FaceGlória, criador acusa Zuckerberg de copiar Orkut e mais». TechTudo. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  18. «Prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló, enfrenta Facebook com rede social evangélica - Terraço Paulistano». VEJA SP. Consultado em 25 de dezembro de 2015 
  19. «Recado de Acir Filló é 'ridículo', diz Alckmin sobre acusações de ex-tucano». Folha de S.Paulo. Consultado em 15 de outubro de 2016 
  20. «Ex-prefeito de Ferraz, Acir Filló, é preso por suspeita de falsificação em sindicância, diz Procuradoria». G1 
  21. «Após ser hospitalizado, ex-prefeito de Ferraz Acir Filló é transferido para presídio em Tremembé». G1 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
Jorge Abissamra
Prefeito de Ferraz de Vasconcelos
20132015
Sucedido por
José Izidro Neto