Acisclo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santo Acisclo
A marca vermelha neste busto (circa 1680, por Pedro de Mena y Medrano) de Santo Acisclo é uma referência à decapitação do santo a mando do governador romano de Córdoba.
Mártir
Nascimento Segunda metade do século III em Córdoba, na Espanha
Morte 17 de novembro de 313 em Córdoba, na Espanha
Veneração por Igreja Católica; Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 17 de novembro
Atribuições com Santa Vitória, sua irmã[1] ; coroado com rosas
Padroeiro de Córdoba, na Espanha
Gloriole.svg Portal dos Santos

Santo Acisclo (segunda metade do século III – 17 de novembro de 313) foi um cristão de Córdoba (então pertencente ao Império Romano; atualmente, pertencente à Espanha) que, durante a perseguição de Diocleciano, sofreu o martírio juntamente com sua irmã, Santa Vitória. Sua história consta do martirológio de Santo Eulógio de Córdoba. Há dúvidas sobre a veracidade histórica da existência de Vitória, mas ambos são venerados nos ritos litúrgicos moçárabes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após terem sido presos, os irmãos foram torturados. Segundo a tradição, Vitória foi morta a flechadas e Acisclo, decapitado. A casa onde moravam se tornou uma igreja e, durante o século IX, após a invasão muçulmana, alguns dos Mártires de Córdoba foram associados com ela, incluindo Perfectus, que era sacerdote ali.

Igreja[editar | editar código-fonte]

A Santo Acisclo e sua irmã, foi dedicada a Igreja de Santo Acisclo e Santa Vitória.[2]

Referências

  1. Jones, Terry. Acislus Patron Saints Index. Visitado em 2007-03-07. Cópia arquivada em 13 February 2007.
  2. Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Acisclo