Advanced Packaging Tool

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

APT (Advanced Packaging Tool, em português Ferramenta de Empacotamento Avançada) é um gerenciador de pacotes para o Sistema Operacional GNU/Linux Debian e derivados.

O APT possui diferentes interfaces gráficas:

  • Synaptic (GTK)
  • Adept Package Manager (Qt)

Em linha de comando, usa-se "apt-get" para baixar pacotes, o que fez muitos se referirem ao Apt como apt-get, o que não está correto.

O Apt possui uma interface simples de linha de comando para fazer o download de pacotes e instalá-los. O Debian e os sistemas baseados nele utilizam esse comando.

Caracteristicas[editar | editar código-fonte]

Comandos[editar | editar código-fonte]

  • update - Adquire novas listas de pacotes.
  • upgrade - Faz uma atualização.
  • install - Instala novos pacotes (um pacote é libc6 e não libc6.deb).
  • remove - Remove um pacote.
  • source - Faz o download de arquivos fonte.
  • build-dep - Configura as dependências de compilação de pacotes fonte.
  • dist-upgrade - Atualiza a distribuição, consulte apt-get(8).
  • dselect-upgrade - Segue as seleções do dselect.
  • clean - Apaga arquivos baixados para instalação.
  • autoclean - Apaga arquivos antigos baixados para instalação.
  • check - Verifica se não há dependências quebradas.

Opções[editar | editar código-fonte]

  • -h Texto de ajuda.
  • -q Saída logável, exceto para erros.
  • -qq Sem saída, exceto para erros.
  • -d Fazer o download apenas - NÃO instalar ou desempacotar arquivos.
  • -s Não-agir. Executar simulação de ordenação.
  • -y Assumir Sim para todas as perguntas, não pedir confirmação.
  • -f Tenta continuar se a checagem de integridade falhar.
  • -m Tenta continuar se os arquivos não podem ser localizados.
  • -u Mostra uma lista de pacotes atualizados também.
  • -b Constrói o pacote fonte depois de baixá-lo.
  • -c=? Ler esse arquivo de configuração.
  • -o=? Definir uma opção de configuração arbitrária, ex -o dir::cache=/tmp.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]