Aldo Clementi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Aldo Clementi (25 de maio de 1925 - 3 de março de 2011) foi um compositor italiano.[1]

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Ideogrammi n.º 1 (1959) para 16 instrumentos
  • Triplum (1960) para flauta, oboé e clarinete
  • Collage (1961)
  • Informel 2 (1962) para 15 executantes
  • Collage 2 (1962) música eletrônica
  • Informel 3 (1961-63) para orquesta
  • Intavolatura (1963)
  • Variante A (1964)
  • Concerto (1970) para pianoe 7 instrumentos
  • Clessidra (1976) para orquesta de cámara
  • L'orologio di Arcevia (1979) para 13 executantes
  • Fantasia su roBErto FABbriCiAni (1980-81) para flauta e cinta magnética
  • Es (1981), ópera teatral
  • Parafrasi (1981)
  • Adagio (1983) para quinteto com piano preparado
  • Ouverture (1984) para 12 flautas
  • Concerto (1986) para piano e 14 instrumentos
  • Fantasia (1987) para 4 guitarras
  • Tribute (1988)
  • Berceuse (1989) para orquesta
  • Romanza (1991) para piano e orquesta
  • The Plaint (1992) para voz feminina e 13 instrumentos.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um compositor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.