Allan Holdsworth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Allan Holdsworth
Em 1975
Informação geral
Nascimento 6 de agosto de 1946
Local de nascimento Bradford, West Yorkshire
País Reino Unido
Data de morte 15 de abril de 2017 (70 anos)
Local de morte Vista, Califórnia
Gênero(s) Jazz fusion, jazz, rock instrumental, rock progressivo
Instrumento(s) Guitarra, SynthAxe
Período em atividade 1969 - 2017
Afiliação(ões) UK, Level 42, Bruford, The New Tony Williams Lifetime, Tempest, I.O.U., False Alarm
Página oficial http://www.therealallanholdsworth.com/

Allan Holdsworth (Bradford, West Yorkshire, 6 de agosto de 1946 - Vista, Califórnia, 15 de abril de 2017[1][2]) foi um guitarrista de jazz fusion, compositor e arranjador britânico.

Pioneiro no uso da SynthAxe[3] (uma guitarra sintetizada), Allan fez parte de grupos como Tempest, Soft Machine e Bruford. Na carreira solo, se dedicou principalmente à música instrumental, e lançou mais de 15 discos entre 1976 e 2017, com destaques para Metal Fatigue, de 1985, e Secrets, de 1989[4]. Apontado como um dos maiores nomes da guitarra em todos os tempos, sua obra trouxe uma série de evoluções nas técnicas da guitarra elétrica, incluindo sequências de escalas e progressões de acordes nunca antes experimentadas. Por conta disso, ele é citado como uma das influências de guitarristas como Eddie Van Halen[5], Joe Satriani,[6] Greg Howe,[7] Shawn Lane,[8] Richie Kotzen,[9] John Petrucci,[10] Alex Lifeson,[11] Kurt Rosenwinkel,[12] Yngwie Malmsteen,[13] Michael Romeo,[14] e Tom Morello.[15]

Não à toa, em 2008, Allan apareceu na 1a posição da lista The 50 Greatest Guitarists... Ever!, elaborada pela revista Gigwise.[16]

Allan morreu no dia 15 de abril de 2017, aos 70 anos de idade. Sua morte foi noticiada por sua filha, Louise Holdsworth, via facebook. "É com o coração pesado que informamos a todos a morte de nosso amado pai. Pedimos privacidade e tempo para que possamos superar a perda de nosso pai, avô, amigo e gênio da música" diz a nota.[17]

Dentre os mais conhecidos solos de Allan estão[editar | editar código-fonte]

  • "Red Alert" and "Fred" (Believe It, The New Tony Williams Lifetime)
  • "Hazard Profile Parts l-V" (Bundles - Soft Machine)
  • "Nostalgic Lady" (Enigmatic Ocean, Jean-Luc Ponty)
  • "Five G" (One of a Kind, Bill Bruford)
  • "Radio-Free Albemuth" (Radio-Free Albemuth, Stuart Hamm)
  • "Out from Under" (IOU, IOU)
  • "Three Sheets to the Wind" (Road Games, Allan Holdsworth)
  • "Devil Take the Hindmost" (Metal Fatigue, Allan Holdsworth)
  • "Pud Wud" ("Sand", Allan Holdsworth)
  • "The Sixteen Men Of Tain" ("The Sixteen Men Of Tain", Allan Holdsworth)
  • "The Things You See (When You Haven't Got Your Gun)" ("All Night Wrong", Allan Holdsworth)

Bandas das quais fez parte[editar | editar código-fonte]

Legado e técnica[editar | editar código-fonte]

Dono de um estilo inconfundível, Allan foi o guitarrista inglês que mais influenciou as últimas gerações de guitarristas do rock progressivo e do jazz-rock.[18] Não a toa, certa vez Frank Zappa, disse que, “Allan é sem dúvida um dos grandes guitarristas do planeta, inovador e com uma técnica única e interessante, genial”. Conforme a revista BassPlayer Brasil, "conhecido no meio do fusion como um de seus maiores expoentes, Allan Holdsworth é dono de uma concepção musical única. Explora elementos harmônicos, como empilhamentos alternativos e simetrias, num fraseado que lembra muito o de John Coltrane, Cannonball Adderley e outros grandes mestres do jazz. Ele sempre foi exigente consigo mesmo e com os músicos que passaram por sua banda, incluindo Jeff Berlin e Jimmy Johnson."

Segundo o crítico musical Regis Tadeu, "musicalmente, ele esteve próximo da genialidade. Suas linhas harmônicas e melódicas eram de tal forma belas e desconcertantes ao mesmo tempo que a audição de seus discos era uma experiência única."[19]

Para a revista Obvious Mag, "sua técnica, baseada principalmente no legato, é uma das mais apuradas no mundo da música. Mesmo assim é muito raro ouvir uma de suas faixas no rádio, seja no Brasil, seja no Reino Unido, país onde ele nasceu. Discos como Metal Fatigue e Heavy Machinery são clássicos modernos. Na verdade, desconhecer o trabalho de Holdsworth é uma espécie de crime para os apreciadores de música. A riqueza harmônica de suas composições e os complicadíssimos solos feitos sobre elas são obrigatórios no currículo de qualquer um que goste das tendências mais contemporâneas do jazz, como o fusion e o jazz rock."[20]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio
Ao Vivo
Compilações
Colaborações

Com outros artistas/bandas[editar | editar código-fonte]

'Igginbottom
Nucleus
  • 1972: Belladonna (lançado como álbum solo de Ian Carr)
Tempest
Soft Machine
Soft Works
  • 2003: Abracadabra
The New Tony Williams Lifetime
Pierre Moerlen's Gong
Jean-Luc Ponty
Bruford
U.K.
Krokus
Stanley Clarke
Chad Wackerman
Level 42
Derek Sherinian
  • 2005: Book of the Dead


Videos[editar | editar código-fonte]

  • 1992: REH Video: Allan Holdsworth (VHS, reissued on DVD in 2007)
  • 2002: Live at the Galaxy Theatre (DVD)
  • 2007: Live at Yoshi's (DVD)

Livros[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
1984 Grammy Awards Best Rock Instrumental Performance Road Games - EP Indicado [21]

Honrarias[editar | editar código-fonte]

  • 1989, 1990, 1991, 1992, 1993 e 1994 - Guitar Player magazine (readers' poll): Best Guitar Synthesist[22]
  • 1991 - Guitar Player Magazine's Hall of Fame[23]
  • 1993 - "Musician Magazine": 100 greatest guitarists of all time
  • 2002 - Guitar World: 100 greatest guitarists of all time
  • 2008 - Melhor Guitarrista da História: Revista Gigwise

Referências

  1. Brandle, Lars (17 de abril de 2017). «Musicians React to Allan Holdsworth's Death» (em inglês). Billboard. Consultado em 17 de abril de 2017 
  2. Varga, George (16 de abril de 2017). «Allan Holdsworth, internationally celebrated guitar innovator, dead at 70» (em inglês). The San Diego Union-Tribune. Consultado em 17 de abril de 2017 
  3. rockpuro.net/
  4. guitarplayer.uol.com.br/ Morre aos 70 anos o guitarrista Allan Holdsworth
  5. Obrecht, Jas (April 1980). "Young Wizard of Power Rock". Guitar Player. NewBay Media. Retrieved 30 March 2015.
  6. Brown, Pete (2007). "3 Questions – Joe Satriani". The Punch-In. TrueFire. Retrieved 30 March 2015.
  7. Burk, Greg (10 July 2008). "Record review and artist interview: Greg Howe.". MetalJazz. Retrieved 2015-03-30.
  8. Hallebeek, Richard (March–April 2001). "Shawn Lane + lesson". richardhallebeek.com. Retrieved 30 March 2015.
  9. Hallebeek, Richard (19 March 2002). "Richie Kotzen". richardhallebeek.com. Retrieved 2015-03-30.
  10. "Biography". johnpetrucci.com. Retrieved 30 March 2015.
  11. Guitar World Staff (12 January 2012). "Alex Lifeson and Geddy Lee of Rush Choose 22 Songs That Inspired Them Most". Guitar Player. NewBay Media. Retrieved 2015-03-30.
  12. Milkowski, Bill (1 February 2010). "Kurt Rosenwinkel". Guitar Player. NewBay Media. Retrieved 2015-03-30.
  13. Rosen, Steven (late 1995/early 1996). "Rock Chronicles. 1990s: Yngwie Malmsteen". Ultimate Guitar Archive. Retrieved 30 March 2015.
  14. Edwards, Owen (4 March 2008). "Michael Romeo Interview – A Perfect Symphony Part One: 1970's to 2000.". All Out Guitar. Retrieved 2015-03-30.
  15. "Tom Morello: The Song That Inspired Me to Think Outside the Box as a Guitarist". Ultimate Guitar Archive. 2 January 2017. Retrieved 2017-01-12.
  16. gigwise.com The 50 Greatest Guitarists... Ever!
  17. whiplash.net/ Allan Holdsworth: morre aos 70 anos o lendário guitarrista
  18. progbrasil.com.br/
  19. br.noticias.yahoo.com/ A guitarra "entorta cérebros"de Allan Holdsworth se calou para sempre
  20. obviousmag.org/ Allan Holdswrth: A alma do jazz rock e fusion
  21. «26th Grammy Awards – 1984». Rock on the Net. Consultado em February 18, 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. edroman.com/ Allan Holdsworth & His Great Guitars
  23. guitarplayer.com/ The Guitar Player's Hall of Fame Awards

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre guitarristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.