Regis Tadeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Regis Tadeu
Nome completo Reginaldo Carneiro dos Santos Tadeu
Nascimento 2 de novembro de 1960 (58 anos)
São Paulo, Brasil
Ocupação jornalista, crítico musical, apresentador de programas de rádio, baterista e colecionador de discos e CDs.
Principais trabalhos Muzak, Subúrbio (considerada o embrião da banda Ira!), Ness, Made in Brazil, Jacqueline e Chilli Sauce Trio.
Anos ativos 2017—presente
Inscritos + 138 mil
Seguidores + 12 mil
Visualizações + 6.609.249
Website registadeu.com.br
YouTube Silver Play Button 2.svg
100 mil
inscritos: 2019

Reginaldo Carneiro dos Santos Tadeu, conhecido como Regis Tadeu (São Paulo, 2 de novembro de 1960) é um jornalista,[1] crítico musical, apresentador de programas de rádio, baterista e colecionador de discos e CDs.[2][3]

Como baterista, Regis tocou nas bandas Muzak, Subúrbio[4] (considerada o embrião da banda Ira!), Ness, Made in Brazil, Jacqueline e Chilli Sauce Trio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Dentista de formação, Regis entrou para o jornalismo especializado, a convite da revista Cover Guitar, em 2004.[2] Segundo ele, "o dono da revista precisava de alguém para fazer crítica musical e pensou em mim porque eu tinha uma considerável coleção de discos. Mesmo sem experiência, topei, e daí peguei gosto pela coisa".[5]

Além disso, foi blogueiro do site Yahoo![6]

É produtor e apresentador dos programas Agente 93 e Rock Brazuca, ambos na Rádio USP FM.[7] Foi diretor de redação das revistas Cover Guitarra, Cover Baixo, Batera, Teclado & Áudio e Mosh.[2][8]

Como crítico, foi jurado do Programa Raul Gil, no quadro Jovens Talentos Kids, no SBT[9]. Também atuou como crítico no programa SuperPop. Tem conhecimentos de bateria, guitarra, contrabaixo e piano.

Atualmente, possui um canal no YouTube em que dá suas opiniões sobre a música e os artistas atuais.[10]

Aos seis anos de idade ganhou um compacto mono dos Beatles, com Strawberry Fields Forever no lado A e Penny Lane no lado B.[carece de fontes?] Em 2012 a sua coleção soma aproximadamente 23.000 CDs e 14.000 LPs[carece de fontes?].

Videografia[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Papel Ref.
SuperPop (RedeTV) Crítico musical - quadro "Toca Uma Pra Mim" [11]
Programa Raul Gil (SBT) Jurado - Jovens Talentos Kids
Programa Raul Gil (SBT) Jurado - Jogo do banquinho

Participações especiais em outros quadros de programas televisivos[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Episódio / Quadro Ref.
2012 Programa Raul Gil (SBT) Se você fosse, o que você faria? (2 de junho de 2012) [12]
2018 Eletrogordo (Canal Brasil) Temp 3 - Ep 77 (18 de dezembro de 2018) [13]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Estilo Papel Ref.
2012 A Onda Cover Documentário de Curta-metragem Ele mesmo [14]

Entrevista[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota Ref.
2008 Programa do Jô entrevista [15]
2019 Pânico entrevista/participação transmitida em 8 de maio [1]

Referências

  1. a b «Regis Tadeu detona k-pop, Anitta e música 'popularesca': 'É feita para retardados'». Jovem Pan. Universo Online. Consultado em 18 de maio de 2019 
  2. a b c Rodney Brocanelli (12 de Outubro de 2004). «Para o público maduro que gosta de música». Observatório da Imprensa. Consultado em 12 de outubro de 2017 
  3. Leonardo Caprara (2 de março de 2014). «Entrevista com o crítico Regis Tadeu». Música e Cinema. Consultado em 9 de abril de 2019 
  4. Régis Tadeu (24 de Junho de 2013). «Todo crítico é um músico frustrado? Eu não.». Consultado em 25 de Junho de 2013 
  5. «Sinceridade dói: a crítica musical de Regis Tadeu». Nonada. 31 de outubro de 2014. Consultado em 4 de abril de 2019 
  6. Regis Tadeu. «Posts do blog de Regis Tadeu». Yahoo!. Consultado em 6 de julho de 2012. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2013 
  7. Rádio USP FM. «Rock Brazuca». Consultado em 6 de Julho de 2012 
  8. Ricardo Seelig (29 de abril de 2011). «Minha Coleção – Regis Tadeu: 21 mil CDs e 14 mil LPs!». Collector´s Room. Consultado em 4 de abril de 2019 
  9. SBT Notícias (31 de Maio de 2012). «Raul Gil recebe o crítico musical Régis Tadeu no quadro "Se você fosse, o que você faria?"». Consultado em 6 de Julho de 2012 
  10. «Régis Tadeu». YouTube. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  11. Redação (23 de junho de 2005). «SuperPop volta com o quadro "Toca Uma Pra Mim"». Área Vip. Consultado em 4 de abril de 2019 
  12. Wandreza Fernandes (1 de junho de 2012). «Raul Gil recebe Régis Tadeu no quadro 'Se você fosse, o que você faria'». Área Vip. Consultado em 4 de abril de 2019 
  13. «Eletrogordo - Temp 3 - Ep 77». Rede Globo. Consultado em 4 de abril de 2019 
  14. «A Onda Cover - Documentário sobre bandas cover». Curtadoc.tv. Consultado em 4 de abril de 2019 
  15. Regis Tadeu (13 de janeiro de 2013). «Nunca mais o sono de Zezé Polessa será o mesmo». Yahoo!. Consultado em 13 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.