Ana Guevara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ana Guevara
Medalhista de prata em Atenas 2004
Ana Guevara (em primeiro plano) correndo com Novlene Williams (em segundo plano).
Atletismo
Nome completo Ana Gabriela Guevara Espinoza
Modalidade 400 metros rasos
Representante  México
Nascimento 4 de março de 1977 (41 anos)
Nogales, Sonora
Nacionalidade México mexicana
Período em atividade 1996? - 2008

Ana Gabriela Guevara Espinoza (Nogales, 4 de março de 1977) é uma ex-atleta mexicana especialista na prova dos 400 metros. Ela considera-se uma pessoa dotada de habilidades extraordinárias por ter conquistado o recorde mundial de 35,30 segundos em 3 de maio de 2003 nos 300 metros rasos, o qual ainda não foi superado.

Foi candidata do PRD a Chefa Delegacional pela Delegação Miguel Hidalgo do Distrito Federal nas eleições de 2009.

Carreira desportiva[editar | editar código-fonte]

Ganhou sua primera medalha nos Jogos Pan-Americanos de 1999, no Canadá. Nos Jogos Olímpicos de Sidney, obteve o quinto lugar. Depois, ela venceu 28 corridas internacionais consecutivamente.

Em 1 de julho de 2000, na Cidade do México, no estádio da Cidade Universitária, ultrapassou a mítica barreira dos 50 segundos ao marcar 49.70 segundos, o que significa correr a uma velocidade média de oito metros a cada segundo. Foi sua primeira marca de qualidade mundial.[1]

Em 27 de agosto de 2003, quebrou sue recorde pessoal nos 400 metros ao fazê-los em 48,89 segundos, em Paris.

Em 2002, ganhou a Liga de Ouro, organizada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).

Guevara ganhou nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004, a medalha de prata na final do 400 metros, além do bronze no Campeonato Mundial de Atletismo de 2005.

Ao ganhar a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007 na prova do 400 metros rasos, ela tornou-se a primeira mulher na história a ganhar três vezes o título continental americano e contribuiu com sua participação na disputa do revezamento 4x400 metros liderando a equipe feminia mexicana, a qual terminou com a conquista da medalha de prata.

Ana Guevara foi treinada durante sua vida vitoriosa esportiva, em torno de doze anos, pelo treinador e preparador cubano Raúl Barreda.[2][3]

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Referências citadas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ana Guevara