Ariel Ramírez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ariel Ramírez
Nascimento 4 de setembro de 1921
Santa Fé
Morte 18 de fevereiro de 2010 (88 anos)
Monte Grande
Sepultamento La Chacarita
Cidadania Argentina
Ocupação compositor, pianista, ator
Magnum opus Misa Criolla, Navidad Nuestra
Causa da morte Pneumonia
Página oficial
http://www.arielramirez.com

Ariel Ramírez (Santa Fé, 4 de setembro de 1921Monte Grande, 18 de fevereiro de 2010) foi um compositor, pianista e diretor musical argentino.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Já quando menino, Ramírez interessava-se pela música tradicional indígena e crioula de seu país natal.

Por conselho do poeta  Atahualpa Yupanqui, viajou, em 1941, pelas províncias de Tucumán, de Salta e de Jujuy e, em Humahuaca, conheceu Justiniano Torres Aparicio, músico e apreciador da cultura nacional.

A partir de 1943, passou a se apresentar como pianista com um imenso repertório de obras baseadas no folclore sulamericano, tendo gravado algumas delas em um disco no ano de 1946.

De 1950 a 1954, residiu na Europa.

Em 1954, mudou-se para Lima e no ano seguinte regressou à Argentina, onde fundou a Compañía de Folklore Ariel Ramírez.

Junto da Companhia, empreendeu em 1957 uma viagem pela URSS, pela Tchecoslováquia e pela Polônia.

Além disso, aperfeiçoou sua formação nos estudos de composição sob orientação de Erwin Leuchter e Guillermo Graetzer.

Em 1964, compôs sua mais famosa obra, Misa Criolla (Português: “Missa Crioula”),  e a apresentou na América Latina nos anos seguintes e na Alemanha, na Holanda, na Bélgica e na Suíça em 1967.

Paralelamente a essa obra, Ramírez compôs diversas cantatas e outras obras vocais frequentemente baseadas em textos do poeta Félix Luna.

Foi dirigente da Sociedad Argentina de Autores y Compositores e, em 1998, foi escolhido o primeiro presidente latinoamericano da International Confederation of Authors and Composers Societies (CISAC)[2].

Obra[editar | editar código-fonte]

  • La tristecita, Samba, 1945
  • Agua y sol del Paraná
  • Misa Criolla, Chormesse, 1964
  • Navidad Nuestra, 1964
  • Navidad en Verano, 1964
  • Los caudillos, Kantate, 1965
  • Mujeres argentinas, Kantate, 1969
  • Cantata sudamericana, Kantate, 1972
  • Tríptico mocoví, 1980
  • La hermanita perdida, 1980
  • Misa por la paz y la justicia (nach Texten des Papstes Johannes Paul II.), 1980
  • Alfonsina y el mar

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.