Arthur Verocai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arthur Verocai
Informação geral
Nome completo Arthur Côrtes Verocai
Nascimento 17 de junho de 1945 (72 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Gênero(s) bossa Nova, jazz, música experimental
Ocupação(ões) violonista, pianista
Instrumento(s) violão
Período em atividade 1966 - hoje
Outras ocupações compositor, arranjador, maestro

Arthur Côrtes Verocai (Rio de Janeiro, 17 de junho de 1945) é um pianista, violonista, compositor, arranjador e maestro brasileiro.

Participou, como compositor, de inúmeros festivais de música na década de 1960. Trabalhou como arranjador de discos e apresentações de diversos cantores, tais como Ivan Lins, Jorge Ben Jor, Elizeth Cardoso, Gal Costa, Erasmo Carlos, Célia e Marcos Valle. Foi diretor musical e arranjador da TV Globo, em programas como Som Livre Exportação, Chico City e A grande família. Também atuou na música publicitária.[1]

Em 1972, lançou seu primeiro disco solo, chamado Arthur Verocai, misturando jazz, bossa nova e música experimental. O disco não foi bem aceito pelo público, na época, e permaneceu esquecido por muitos anos, até que produtores musicais de Hip Hop norte-americanos o redescobriram. Um deles foi Little Brother, que utilizou um trecho da canção Caboclo como sample para a sua We Got Now.[2] MF Doom e Ludacris também utilizaram canções de Verocai.[3]

Gravou, em 2002, o disco Saudade Demais, com inúmeras de suas composições.[1] Em 2003, teve o seu primeiro LP, Arthur Verocai, relançado em CD pela Ubiquity Records. O CD chegou a custar mais de R$ 1000,00 em lojas especializadas.[3] Em 2008, lançou por uma gravadora inglesa o CD Encore. Encarregou-se do arranjo dos CDs Nove, de Ana Carolina, e Feito pra acabar, de Marcelo Jeneci.[1] Verocai tocou no Rock in Rio 6 com a banda Dônica em 2015, e no ano seguinte compôs para o encerramento dos Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 no Rio e lançou o álbum No Voo do Urubu.[4]

Referências

  1. a b c «Arthur Verocai». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 28 de novembro de 2011 
  2. «A redescoberta do cultuado Arthur Verocai». O Estado de S. Paulo. 8 de fevereiro de 2011. Consultado em 28 de novembro de 2011 
  3. a b «Cultuado compositor volta ao Brasil para apresentação em São Paulo e fala com a TV Trip sobre o filme e o show Timeless». Revista Trip. 6 de abril de 2011. Consultado em 28 de novembro de 2011 
  4. Arthur Verocai lança novo disco com participações de Criolo e Mano Brown, Estado de Minas
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.