Asimov's Science Fiction

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Asimov's Science Fiction
Editora Ziff Davis, Bantam Doubleday, Dell Magazines (anteriores)
Penny Publications (atual)
País EUA
Fundação 1977
Fundador(a) Joel Davis
ISSN 1065-2698
http://www.asimovs.com

Asimov's Science Fiction (ISSN 1065-2698) é uma revista estadunidense que publica ficção científica e fantasia, cujo nome é uma homenagem ao bioquímico e escritor de FC Isaac Asimov. Atualmente, é publicada pela Penny Publications, dez vezes ao ano, com edições duplas em Abril/Maio e Outubro/Novembro.

História[editar | editar código-fonte]

Asimov's Science Fiction começou a ser publicada em 1977 no formato digest (conhecido como formatinho no Brasil). Joe Davis da Davis Publications, aproximou Asimov para emprestar o seu nome para uma nova revista de ficção científica,inspirado nas revistas Ellery Queen's Mystery Magazine e Alfred Hitchcock's Mystery Magazine. Asimov recusou-se a editor, mas atuou como diretor editorial, escrevendo editoriais e responder acartas de leitores, até sua morte em 1992. A pedido de Asimov, o tenente-coronel George Scithers (AUS Ret.) foi o primeiro editore negociou um acordo de compra com a Science Fiction Writers of America, proporcionando condições significativamente melhores para os escritores do que tinha sido o padrão jornal até agora.

Inicialmente era uma publicação trimestral, a primeira edição foi lançada em dezembro 1977. Mudou para bimestral em 1978 e se tornou em 1979. Em meados dos anos oitenta, foi publicado uma vez a cada quatro semanas, com um edição extra de "meados de dezembro". As edições duplas foram adicionados no início dos anos noventa, antes de reduzir para as dez edições anuais atuais.

A revista foi vendida para a Bantam Doubleday Dell em janeiro de 1992, poucos meses antes da morte de Asimov, mudando o título para Asimov's Science Fiction. Em 1996, Dell Magazines foi adquirida pela Crosstown Publications, e desde 2012 é parte da Penny Publications. Em 1998, a revista aumentou de tamnanho; agora em um formato maior que o digest


Asimov's Science Fiction comemorou seu trigésimo aniversário em 2007 com uma antologia editada pela atual editor da revista, Sheila Williams. Baseando-se em histórias publicadas a partir de 1977 até o presente, que foi publicado pela Tachyon Publications

Martin Gardner escreveu uma coluna regular para a revista de 1977 a 1986. Ele produziu 111 colunas no total, muitos deles posteriormente publicados em forma de livro.


No Brasil[editar | editar código-fonte]

A Isaac Asimov Magazine (ou IAM), chegou a ser publicada no Brasil pela Editora Record, entre 1990-1992.[1] A iniciativa durou apenas 25 números.

A edição brasileira chegou a promover um concurso literário ("Concurso Jerônimo Monteiro")[2] e publicou vários autores nacionais, como Roberto de Sousa Causo, Roberto Schima, Gerson Lodi-Ribeiro ,Jose Carlos Neves e Cid Fernandez, que posteriormente seriam chamados por alguns de "geração IAM"[3]. Outros escritores conhecidos, publicados com ficção na revista, foram André Carneiro e Jorge Luiz Calife. Tal qual a edição americana, a edição brasileira era publicada no "formato digest".[4]

Editores[editar | editar código-fonte]


Scithers deixou a revista após cinco anos, vencendo dois prêmios Hugo de melhor editor, e foi sucedido por Shawna McCarthy. McCarthy ocupou o cargo por três anos, ganhar um Hugo Award. Gardner Dozois editou a revista de 1985 a 2004, ganhando 15 Hugo Awards, antes de se aposentar e tornando-se seu editor contribuinte. Sheila Williams {é o atual editor e ganhou o Hugo Awards de Melhor Editor de Short Form em 2011.

Autores publicados na revista[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Kathia Natalie Gomes. (2005). "Galáxias asimovianas - sobre o mestre". Scientific American Brasil Exploradores do Futuro - Isaac Asimov (3). Editora Duetto. ISSN 1808-6543.
  2. Cremilda Medina, Patricia Teixeira, Adriano Schwartz (1992). Farra alforria EdUSP/ECA/CJE [S.l.] p. 160. 
  3. Marco A. M. Bourguignon. «Um Pequeno Resgate da História da Ficção Científica Brasileira». Scarium. 
  4. Roberto de Sousa Causo (2003). Ficção científica, fantasia e horror no Brasil, 1875 a 1950 Editora UFMG [S.l.] p. 245. 9788570413550. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Em inglês[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.