Aspenaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aspenaz é um personagem bíblico citado no Antigo Testamento. De acordo com o texto bíblico, Aspenaz foi um oficial do Império Babilônico designado pela seleção, coordenação, e conversão de jovens prisioneiros de guerra em eunucos.[1][2] Segundo o idioma ou língua medo-persa, seu nome significa "focinho de cavalo".[carece de fontes?]

Aspenaz, segundo o relato do livro de Daniel, foi comissionado pelo próprio Nabucodonosor para preparar os jovens príncipes judeus, que foram trazidos à Babilônia como prisioneiros, após o império acabar com a rebelião de Jeoaquim, o então rei de Judá.[3][4]

Referências

  1. «Daniel». Enciclopédia Judaica. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  2. «Quem foram os eunucos? Eles podiam ter ereção?». Revista Mundo Estranho. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  3. «2Reis 24: 8-15 (Líderes da rebelião são levados prisioneiros)». Bíblia Online. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  4. «Daniel 1: 3-6 (Os prisioneiros selecionados por Aspenaz)». Bíblia Online. Consultado em 24 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.