Joaquim de Judá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Joaquim (ou Jeoaquim ou Jeoiaquim) (634 a.C. — ?) foi o 18º Rei de Judá. Seu nome, originalmente, era Eliakim ou Eliaquim. Seu nome foi mudado pelo Faraó Neco, quem o constituiu rei.[1] [2] Era filho de Josias e irmão de Joacaz, que foi levado cativo ao Egito pelo mesmo Faraó, tendo Joacaz antecedido Jeoaquim no trono de Judá por três meses. Foi pai de outro Joaquim, também conhecido por Jeconias,[3] que o sucedeu.

Seu nome é grafado Joaquim na Bíblia de Jerusalém e Jeoaquim na Bíblia Almeida. Por isso não deve ser confundido com Joaquim, 19º rei de Judá, também chamado Jeconias. Enquanto o 18º rei era filho de Zebidá[4] o 19º rei era filho de Neusta Jeoiaquim e iniciou seu reinado aos 18 anos e reinou somente por três meses.[5]

Cenário político[editar | editar código-fonte]

Jeoaquim - Segundo Jeremias 25:1, Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, teria assumido o trono de seu pai após sua morte em 607 a.C e teria reinado por 11 anos, tendo findado seu reinado em 596 a.C. Fontes bíblicas e extra-bíblicas retratam os conflitos entre poderes rivais, ocorridos durante o reinado de Joaquim. O domínio mantido pelo Egito sobre uma considerável parte do antigo império assírio, estimulara a predominância da facção pró-Egito em Judá, na qual o rei se apoiava. Porém, quando o rei babilônico, Nabucodonosor, esmagou o exército do faraó, em Carquemis (605 a.C.), e marchou para a costa mediterrânica, devastando as cidades filistéias, essa facção entrou em pânico. Seus desesperados pedidos de ajuda aos egípcios, bem atestam a gravidade da situação. Joaquim morreu quando a ameaça da Babilônia já se desenhava, nitidamente, no horizonte de Judá.[6]

A exemplo dos outros filhos de Josias, Joaquim é julgado negativamente pelos autores deuteronomistas (Livro dos Reis e Crônicas), acusado de idolatria.[6]

Precedido por
Joacaz
Rei de Judá:
11 anos
Sucedido por
Jeconias

Referências

  1. João Ferreira de Almeida, Ed. Revista e Atulizada, II Reis 23:34
  2. Nota: Nesse mesma passagem da TEB, Edições Loyola, utiliza o nome Joaquim, entretanto, trata-se do mesmo personagem, filho de Josias.
  3. Jeremias 22:24 e I Crônicas 3:17
  4. II Reis 23:36)
  5. II Reis 24:8
  6. a b Israel Finkelstein e Neil Asher Silberman, The Bible unearthed: Archaeology´s new vision of Ancient Israel and the origin of its Sacred Texts, Free Press, New York, 2001

Ver também[editar | editar código-fonte]

Axel Bergstedt: Os Reis no Trono de Davi
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.