Joacaz de Judá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Joacaz de Judá
Nascimento década de 630 a.C.
Reino de Judá
Morte século VII a.C.
Egito
Cidadania Reino de Judá
Progenitores
Irmão(s) Zedequias, Joaquim de Judá
Ocupação soberano

Joacaz ou Jeoacaz; (em hebraico: יְהוֹאָחָז; em grego: Ιωαχαζ Iōakhaz; em latim: Joachaz) foi o 17º rei de Judá.

Nasceu em 633 a.C., filho de Josias e de Hamutal, filha de Jeremias de Libna. Seu nome era Salum,[1] e foi trocado para Joacaz para dar sorte. Foi ungido pelo povo para suceder seu pai Josias no trono, embora fosse dois anos mais jovem que seu irmão Eliaquim.[2] Foi o primeiro rei de Judá a morrer no exílio.

Por seu pai ter executado uma política de animosidade ao Egito, que era a potência dominante na região, Jeoacaz foi deposto e exilado pelo faraó Necao II, que o substituiu por seu irmão, Eliaquim, também conhecido como Joaquim.[3]

William F. Albright data seu reinado em 609 a.C., data com a qual E. R. Thiele concorda.

Referências

  1. Jeremias 22:11
  2. James Ussher, The Annals of the World [em linha]
  3. James Orr, ed. (1939). International Standard Bible Encyclopedia (ISBE). [S.l.: s.n.] 

Precedido por
Josias
Rei de Judá:
Sucedido por
Joaquim

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • H. R. Hall, História Antiga do Oriente Próximo, Rio de Janeiro, CEB, 1948.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.