Assembleia Constituinte e Legislativa Farroupilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Assembleia Constituinte e Legislativa Farroupilha foi uma assembleia constituinte e legislativa convocada pelos republicanos durante a Revolução Farroupilha.

Em 1840 os farroupilhas, dando mostras de enfraquecimento militar, porém cada vez mais firmes na tentativa de implantar a República, transferiram a capital para Alegrete e convocaram eleições para a Assembleia.[1]

No ano de 1842, reuniu-se a Assembleia Constituinte, na capital farroupilha para discutir a Constituição. Depois de longos debates e notáveis avanços ideológicos, elaboraram uma das constituições mais avançadas, porém não puderam concluir a tarefa, por causa das discordâncias internas.[1]

Deputados eleitos[editar | editar código-fonte]

Os seguintes republicanos foram eleitos deputados em outubro de 1840:[2] [3]

Deputado Votos
1 padre Francisco das Chagas Martins Ávila e Sousa, vigário apostólico 3025
2 Manuel Lucas de Oliveira, ten.cel. 2987
3 Serafim Joaquim de Alencastre, ten.cel. 2892
4 Silvano José Monteiro de Araújo e Paula, cel. 2890
5 Francisco de Sá Brito, advogado 2874
6 Serafim dos Anjos França, advogado 2823
7 Hildebrando de Freitas Pedroso, padre 2753
8 José Mariano de Matos, cel. 2694
9 Severino Antônio da Silveira, fazendeiro 2643
10 Luís José Ribeiro Barreto 2627
11 José Gomes de Vasconcelos Jardim, fazendeiro 2534
12 José Pedroso de Albuquerque, ministro da Justiça 2522
13 João de Santa Bárbara, padre 2481
14 Antônio Vicente da Fontoura, ministro da fazenda 2474
15 Antônio Martins Coelho 2435
16 João Antônio da Silveira, gal. 2068
17 José Pinheiro de Ulhoa Cintra 1964
18 Bento Gonçalves da Silva, gal. 1897
19 Domingos José de Almeida 1842
20 Sebastião Xavier do Amaral Sarmento Mena, ten.cel. 1837
21 Inácio José de Oliveira Guimarães, fazendeiro 1812
22 José Carlos Pinto, médico 1773
23 Olivério José Ortiz, cel. 1765
24 Joaquim dos Santos Prado Lima, negociante 1747
25 Manuel Martins da Silveira Lemos 1626
26 Onofre Pires, cel. 1607
27 Ismael Soares da Silveira, major 1451
28 José Maria Pereira de Campos, major 1442
29 Fidelis Nepomuceno Pratea 1372
30 Antônio de Sousa Neto, gal. 1653
31 Francisco Leite Ribeiro, padre 1221
32 Luís Inácio Jacques 1211
33 Vicente Lucas de Oliveira 1185
34 Joaquim Pedro Soares, cel. 1116
35 Francisco Modesto Franco 1106
36 José Alves de Morais 1072

Obtiveram menor votação e foram considerados suplentes: Bento Xavier de Andrade, major Luís José da Fontoura Palmeiro, 1° tenente Joaquim Gonçalves da Silva, Francisco Ferreira Jardim, major Bernardo Pires, Antônio Manuel Correia da Câmara, Manuel José Pereira da Silva, tenente-coronel Joaquim José Ferreira Vilaça, general Davi Canabarro, Tristão de Araújo Nóbrega, tenente coronel Felisberto Machado de Carvalho Ouriques, Antônio Paulo da Fontoura, José Ferreira Gomes Roque, coronel Antônio Manuel do Amaral Sarmento Mena, Marcos Alves Pereira Salgado e capitão Antônio Leite de Oliveira.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências