BH Shopping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
BH Shopping
Localização Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Inauguração 12 de setembro de 1979 (39 anos)[1]
Slogan O shopping de BH
Proprietário Multiplan Empreendimentos Imobiliários S/A e Caixa dos Empregados da Usiminas
Administração Multiplan
Números
Lojas 398
Área 142.339 m²(Área Construida)
Área locável 47.547 mil m²
Estacionamento 3.725 vagas
Andares 04
Salas de
cinema
10 salas Cinemark[2]
Página oficial http://www.bhshopping.com.br

O BH Shopping é um shopping center de Belo Horizonte, situado no bairro Belvedere, entre a BR-356 (continuação da Avenida Nossa Senhora do Carmo) e o Anel Rodoviário, na região sul do município. Foi o primeiro shopping center a ser inaugurado em Minas Gerais, sendo o maior do estado em área construída e o terceiro em área locável.[carece de fontes?]

História[editar | editar código-fonte]

Foi o primeiro shopping da rede Multiplan (e de Belo Horizonte), cujo símbolo da empresa e dos demais shoppings da rede, é inspirado no trevo do Bairro Belvedere, resultante do cruzamento da Rodovia BR-356 (Av. Senhora do Carmo) com a Av. Raja Gabaglia, na cidade de Belo Horizonte.

O BH Shopping foi inaugurado em 12 de setembro de 1979.[1] Eram 128 lojas e 1.400 vagas de estacionamento. Hoje, são quatro pisos, com quase quatrocentas lojas e oito estacionamentos, com cerca de 3.725 vagas. A área ocupada já é de mais de 62 mil metros quadrados e área bruta locável de quase 37 mil metros quadrados.

Entre os eventos que o centro fornece, está uma exposição sobre dinossauros da Patagônia.[3]


Estacionamento[editar | editar código-fonte]

Estacionamento do shopping, em reformas.

Há alguns anos, o shopping iniciou a cobrança do uso do estacionamento durante a semana, com o motivo alegado de que o mesmo estava sendo utilizado por pessoas que trabalhavam na região. No mês de março de 2008, o estacionamento passou a ser cobrado também nos Domingos, sem nenhum motivo oficial, e contradizendo o argumento inicial. O estacionamento já representa boa parte do faturamento do Shopping.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]