Barroso (encouraçado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Este artigo é sobre o navio tipo encouraçado Barroso de 1865; para outros navios, veja Barroso (desambiguação).
Barroso
Encouraçado Barroso, obra de Carlos Balliester (1916).
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Operador Armada Imperial Brasileira
Fabricante Arsenal de Marinha da Corte
Custo £55,046
Homônimo Almirante Francisco Manuel Barroso da Silva
Batimento de quilha fevereiro de 1865
Lançamento 4 de novembro de 1865
Estado Retirado em 1881
Fatalidade Desmanchado em 1937
Características gerais
Tipo de navio Canhoneira blindada
Classe Classe Barroso
Deslocamento 1 354 t (2 990 000 lb)
Comprimento 56,69 m (186 ft)
Boca 10,97 m (36,0 ft)
Calado 2,74 m (8,99 ft)
Propulsão Motor a vapor, 2 caldeiras, 1 hélice
420 hp (313 kW)
Velocidade 9 nós (17 km/h)
Armamento Um canhão de 178 mm (7,0 in)
Dois canhões de 140 mm (5,5 in)
Dois canhões de 206,2 mm (8,1 in)
Blindagem Cinta de 51 mm (2,0 in)-102 mm (4,0 in)
Casamata 102 mm (4,0 in)
Deques 12,7 mm (0,50 in)
Tripulação 149 homens e oficiais

O Barroso foi um encouraçado da Armada Imperial Brasileira da época da Guerra do Paraguai, construído no Arsenal de Marinha da Corte em 1865. Participou ainda da Passagem de Humaitá em fevereiro de 1868[1].

Referências

  1. Encouraçado Barroso - NGB Navios Brasileiros de Guerra.com. Visitada 02 de maio de 2014
Encouraçado Barroso.
Encouraçado Barroso.
Abordagem do encouraçado Barroso e do monitor Rio Grande pelos paraguaios.
Abordagem do encouraçado Barroso e do monitor Rio Grande pelos paraguaios.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.