Batalha de Haia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Batalha de Haia
Parte da Batalha dos Países Baixos na Segunda Guerra Mundial
1940 - German paratroopers above the neighborhood of Bezuidenhout in The Hague.jpg
Tropas paraquedistas alemãs sendo lançadas em Haia (1940).
Data 10 de maio de 1940
Local Haia, Países Baixos
Desfecho Vitória táctica dos Países Baixos[1][2][3]
Beligerantes
 Países Baixos  Alemanha
Comandantes
Países Baixos Henri Winkelman Alemanha Nazista Hans Graf von Sponeck
Forças
11,100 militares (3 divisões)
2 esquadras motorizadas
4 bombardeiros
3,000 paraquedistas
Baixas
515 mortos
1 carro blindado danificado
134-400 mortos
700 feridos
1745 capturados
125 aviões de transporte destruídos
47 aviões de transporte danificados[4]

A Batalha de Haia foi uma das primeiras batalhas paraquedistas da história. Ocorreu no dia 10 de Maio de 1940, como parte da Batalha dos Países Baixos entre o Exército dos Países Baixos e os paraquedistas (Fallschirmjäger) da Luftwaffe. Estes paraquedistas foram lançados em três pontos estratégicos diferentes à volta da cidade de Haia, com ordem para capturar os aeroportos da cidade e a própria cidade. Depois de tomar a cidade, o plano seria forçar a Rainha Guilhermina dos Países Baixos a render-se e, consequentemente, provocar a rendição de todo o país num único dia. A operação alemã falhou em capturar a rainha, e a defesa dos aeroportos capturados não se concretizou devido a um contra-ataque das forças holandesas. O principal corpo de tropas de Von Sponeck bateu em retirada para a costa, sendo constantemente perseguido, até as Forças Armadas dos Países Baixos, devido a fortes ataques em outras frentes, ter-se rendido cinco dias mais tarde.[5]

Referências

  1. Battle for the Hague 1940: The First Great Airborne Operation in History ISBN 9059113071
  2. http://filmdoc.nl/mei-1940-de-verloren-overwinning-de-slag-om-den-haag/
  3. De Slag Om De Residentie ISBN 9059111389
  4. E.R Hooton 2007 Vol. 2, p. 50.
  5. «Airborne landings in Fortress Holland - TracesOfWar.nl». www.tracesofwar.nl (em neerlandês). Consultado em 29 de abril de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hooton, E.R (2007). Luftwaffe at War; Blitzkrieg in the West: Volume 2. Londres: Chervron/Ian Allen. ISBN 978-1-85780-272-6.