Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba localizava-se sobre o porto de Mangaratiba, no município de mesmo nome, no litoral sul do estado brasileiro do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

Com a difusão da lavoura cafeeira na região sul fluminense na primeira metade do século XIX, este ancoradouro adquiriu importância regional, tendo sido a povoação elevada a vila a partir de 1831, com o nome de Vila de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba.

O porto da vila era defendido por duas baterias que cooperavam entre si: a Bateria de Nossa Senhora da Guia, artilhada com cinco peças, e outra, denominada simplesmente como Bateria de Mangaratiba (SOUZA, 1885:114).

Não é possível identificá-la entre as defesas do setor Sul ("Fortificações de Sepetiba") no "Mapa das Fortificações e Fortins do Município Neutro e Província do Rio de Janeiro" de 1863, no Arquivo Nacional (CASADEI, 1994/1995:70-71).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BARRETO, Aníbal (Cel.). Fortificações no Brasil (Resumo Histórico). Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército Editora, 1958. 368 p.
  • CASADEI, Thalita de Oliveira. Paraty e a Questão Christie - 1863. RIHGRJ. Rio de Janeiro: 1994/1995. p. 68-71.
  • GARRIDO, Carlos Miguez. Fortificações do Brasil. Separata do Vol. III dos Subsídios para a História Marítima do Brasil. Rio de Janeiro: Imprensa Naval, 1940.
  • SOUSA, Augusto Fausto de. Fortificações no Brazil. RIHGB. Rio de Janeiro: Tomo XLVIII, Parte II, 1885. p. 5-140.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma fortaleza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.