Battle B-Daman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Battle B-Daman
B-伝説! バトルビーダマン
(Bī-Densetsu! Batoru Bīdaman)
Gênero Aventura, Comédia, Desportos
Mangá
Escrito por Eiji Inuki
Editora(s) Shogakukan
Revista(s) CoroCoro Comic
Público-alvo Kodomo
Data de publicação abril de 2002 – novembro de 2005
Volumes 8
Anime
Direção Mitsuo Hashimoto
Estúdio Howling Cat Enterprises
Hasbro Studios
Emissoras de televisão Japão TV Tokyo
Exibição original 5 de janeiro de 200427 de dezembro de 2004
Episódios 52
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Battle B-Daman (B-伝説! バトルビーダマン Bī-Densetsu! Batoru Bīdaman?, "B-Legend! Battle B-Daman") é uma série de mangá criada por Eiji Inuki onde foi executada pela CoroCoro Comics e pela Shogakukan entre o ano de 2002 até 2005. O anime foi transmitido em 5 de janeiro de 2004 no Japão pela TV Tokyo, substituindo Explosive Shoot Beyblade G Revolution na programação.

O anime foi emitido em Portugal pelo Canal Panda e pela TVI.[1][2] Battle B-Daman é uma versão dramatizada de berlindes. É a primeira série de B-Daman dobrada em português.

O mangá nunca foi publicado nos países lusófonos, apenas o anime foi emitido em Portugal pelos canais TVI e Canal Panda. O mangá foi publicado nos países anglófonos pela editora Chuang Yi.

Apesar da série nunca ter sido exibida no Brasil, nos EUA foi exibida pela ABC Family, Toon Disney, Jetix e o G4. No Canadá foi exibida pela YTV, entre fevereiro de 2007, a segunda temporada (intitulada Battle B Daman: Fire Spirits) começou com um novo elenco de voz; Agora a versão com dobragem francesa do anime foi exibida no canal Télétoon. Na França pelo Cartoon Network e M6. Na Índia, foi exibida na DD National e na Zee TV. Na Itália a série foi exibida pelo Cartoon Network, Boing e pela Italia 1. Na América Latina foi transmitida pelos canais XHGC-TV, Red Telesistema, e Jetix. Na Alemanha foi exibida pela Super RTL. Na Holanda foi exibida pelo Jetix e na Bélgica pelo canal VTM. No Mundo Árabe foi exibido pelo canal Spacetoon. Na Polónia foi transmitida pela Polsat.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Temporada 1[editar | editar código-fonte]

A história é sobre Yamato Delgado (Daiwa na versão Japonesa), que captura o lendário Cobalt Blade. Ele e seus amigos usam o B-Daman como desporto para lutar na Shadow Alliance. Este anime mostra o B-DaWorld onde seus habitantes são os seres humanos, animais antropomórficos, e robôs. Usando o lendário B-Daman, Yamato entra no torneio dos Vencedores organizado por um grupo (os JBA na versão Japonesa e IBA (International B-Daman Association) na versão Inglesa) para se tornar um B-DaChampion. No entanto, ele também acaba lutando contra o Shadow Alliance.

Temporada 2 (Fire Spirits)[editar | editar código-fonte]

Após a derrota do Shadow Alliance, Yamato procura as especiais B-Da Bolas chamadas Strike Shots, que originaram-se de estrelas cadentes. Depois de uma luta com o misterioso Haja e obtendo sua Strike Shot, o Drive Shot, Yamato então conhece Gunnos, um B-DaPlayer novato. Ele tem sua própria Strike Shot para participar do Torneio dos Vencedores junto com os velhos amigos e rivais de Yamato. Mas ele mal sabia…..que um mal terrível está prestes a colocar o B-Da World em perigo mais uma vez.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Versão Original Japonesa Japão[editar | editar código-fonte]

  • Yamato Daiwa: Reiko Takagi
  • Gray Michael Vincent: Yuki Tai
  • Tsubame Tsubakura: Tomoko Kaneda
  • Bull Borgnine: Kurumi Mamiya
  • Mie Daiwa: Naoko Takano
  • Enjyu: Daisuke Kishio
  • Liena Vincent: Takako Uemura
  • Charat: Aya Hirano

Versão Portuguesa Portugal[editar | editar código-fonte]

  • Direcção: Tomás Saavedra
  • Estúdio: Somnorte
  • Vozes: Diogo Almeida
  • Isabel Nunes
  • Teresa Chaves
  • Joana Carvalho
  • Paula Seabra
  • Clara Nogueira
  • Mário Santos
  • Jorge Seabra Paupério
  • Ângela Marques
  • Fernando Moreira[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.