Beatriz Pereira de Alvim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beatriz Pereira de Alvim
Condessa de Barcelos, Ourém e Arraiolos
D. Beatriz Pereira de Alvim, em iluminura de António de Holanda na Genealogia de D. Manuel Pereira, 3.º conde da Feira (1534).
Cônjuge Afonso I, Duque de Bragança
Nascimento 1380
Morte 1412 (32 anos)
  Lisboa, Portugal
Enterro Convento de Santa Clara, Vila do Conde, Portugal
Pai Nuno Álvares Pereira
Mãe Leonor de Alvim

D. Beatriz Pereira de Alvim (1380Lisboa, 1412)[1] foi uma nobre portuguesa, única filha do casamento entre D. Nuno Álvares Pereira, Condestável de Portugal e D. Leonor de Alvim que chegou à idade adulta,[2] teve dois irmãos que morreram novos. Como tal tornou-se a herdeira do seu pai que, além de Conde de Arraiolos, de Barcelos e de Ourém, detinha uma das maiores fortunas de toda a Península Ibérica.

Gravura de D. Afonso I de Bragança e de D. Brites Alvim (Domenico Duprà, Paço Ducal de Vila Viçosa)

Em 1 de Novembro de 1401 Beatriz casou em Frielas com D. Afonso, filho ilegítimo do Rei D. João I e de Inês Pires Esteves e futuro Duque de Bragança.[3] Este casamento irá dar origem à Casa de Bragança, a maior do Reino, e que se tornará Casa Reinante de Portugal em 1640.

Nunca chegou a ser duquesa, pois o ducado de Bragança seria criado anos mais tarde. Morreu de parto.

Matrimónio e descendência[editar | editar código-fonte]

Do seu casamento com Afonso nasceram os seguintes filhos:

Referências

  1. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac 
  2. Sotto Mayor Pizarro 1997, pp. 278 y 308.
  3. Carvalho Correia 2008, pp. 400, 403, n. 1620, y 502.
  4. a b Carvalho Correia 2008, pp. 403, n. 1620.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um nobre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.