Bessa (João Pessoa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Bessa
—  Bairro do Brasil  —
Mapa-JP-Bessa.png
Zona Zona Leste
Zona Leste
População (IBGE, 2010)
 - Bairro do Brasil 13,096
 - Urbana 13,096
 - Rural 0
 - Homens 6,100
 - Mulheres 6,996
Rendimento médio mensal R$ 230,00
Fonte: IBGE/31 de agosto de 2009

Bessa é um bairro nobre da zona leste da cidade de João Pessoa, capital do estado da Paraíba.[1]

Limita-se com o bairro de Aeroclube e Jardim Oceania ao sul, ao norte e oeste com o bairro de Intermares do município de Cabedelo, a leste com o Oceano Atlântico.

O bairro do Bessa foi desmembrado em Bessa, Aeroclube e Jardim Oceania. O Bessa atualmente é apenas o Bessa Setentrional entre o pontal e a margem sul da enseada de Intermares (o termo enseada em muitas línguas inclusive o português arcaico ainda é baía ou bay, etc), enquanto o original (que muitos ainda confundem) ia da margem norte da enseada central de Manaíra até o OSO que hoje forma o jardim Aeroclube (uma espécie de Bessa Ocidental).

Comunicação e transporte[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

No bairro, trafegam as seguintes linhas de ônibus: 510 (Tambaú / Praia / Val Paraíso), 513 (Bessa / Tambaú / Epitácio Pessoa / Integração do Bessa), 601 (Bessa / Manaíra Shopping / Tancredo Neves / Integração do Bessa), 600 (Val Paraíso / Manaíra Shopping / Carrefour), 603 (Bessa / Shopping / Tancredo Neves / Integração do Bessa) e 521 (Manaíra / Bessa / Aeroclube / Ruy Carneiro / Val Paraíso)

Além das linhas circulares 5600 - Mangabeira / Josefa Taveira / Manaíra Shopping, 5603 - Mangabeira VII / Hilton Souto Maior / Secretaria de Segurança e Defesa Social / Manaíra Shopping e 5605 - Mangabeira / José Américo / Alfredo F. Rocha / UFPB / Unipê / Manaíra Shopping

Em 2012, foi construído um Terminal de Integração no Bessa, que serve como terminal das linhas 601, 603 e 513, com integração com os ônibus intermunicipais 5103 e 5104 de Cabedelo. Por elas, o passageiro embarca num ônibus do 5103 ou 5104 e vice-versa, sem cobranças adicionais, proporcionando economia no bolso do passageiro e objetividade no itinerário, pois o passageiro de Cabedelo pode ir aos bairros do Bessa, Manaíra, Mandacaru, Padre Zé, etc., bem como ir para qualquer ponto da cidade pagando somente uma passagem, pois as linhas 601, 603 e 513 trafegam até o Terminal de Integração do Varadouro, distribuindo os passageiros do 5103 e 5104 como um todo. As linhas 5103 e 5104 deixaram de trafegar pela Lagoa, avenida Epitácio Pessoa e área Central. Quando o itinerário das linhas ia até o Centro de João Pessoa, esse longo itinerário era alvo de reclamações dos usuários que reivindicam um atendimento melhor. Com a redução do itinerário, tornou-se mais rápido porque as linhas chegam ao terminal, deixam os usuários e voltam ao seu local de origem sem precisar ir ao Terminal de Integração do Varadouro - e do TIB é possível pegar o segundo ônibus para o centro pessoense e sem pagar a nova passagem. A linha só segue até o centro da Capital na última viagem às 22:10 da noite

Vamos conhecer e melhor as três linhas do bairro do Bessa:

513-Bessa/Tambaú/Epitácio e 601-Bessa/Manaíra Shopping: vão pela Praia do Bessa

Mais antiga linha do bairro, operante desde janeiro de 1989, a linha 601-Bessa é a linha responsável por atender a área da Praia do Bessa via corredor Tancredo Neves. Já a linha 513-Tambaú/Bessa opera o mesmo itinerário dentro do Bessa, porém via Epitácio Pessoa. Para tal, a linha 513 segue o mesmo itinerário feito pela linha 510 em Tambaú, razão pela qual anteriormente a linha era nomeada “Tambaú/Bessa”.

Dentro do bairro o itinerário dessas duas linhas é todo binário, porém passando nas vias mais próximas da praia.

No sentido Centro as duas linhas passam pelas avenidas Afonso Pena, Hortêncio Osterne Carneiro, José Simões de Araújo, Severino Nicolau de Melo (apenas 601, linha 513 usa a paralela, a avenida Sebastião Interaminense) e Fernando Luiz Henrique dos Santos

Já no sentido inverso passam pelas avenidas Argemiro de Figueiredo, Afonso Pena e Artur Monteiro de Paiva.

A linha T010, o tetéu que parte do Terminal do Bessa e que circula apenas aos sábados e domingos, faz o mesmo trajeto da 601. É operada pela Reunidas e funciona somente aos fins de semana sem alterações em seu itinerário habitual de madrugada

A linha 513 opera com 6 ônibus fazendo 50 viagens de segunda a sexta, 5 ônibus fazendo 42 viagens aos sábados e 4 ônibus fazendo 36 viagens aos domingos.

A linha 601 opera com 7 ônibus fazendo 66 viagens de segunda a sexta, 6 ônibus fazendo 61 viagens aos sábados e 5 ônibus fazendo 45 viagens aos domingos.

603-Bessa/Shopping via Condomínio Lucy: vai por dentro do Bessa

Com o crescimento do Bessa em direção à BR-230, houve a necessidade de criar um novo roteiro que passasse nessa área. Por isso, em 1999, surge a linha 603-Bessa/Shopping via Condomínio Lucy. Era operada pela Transnacional até 2010, sendo repassada para a Reunidas no mesmo ano

A diferença dessa linha para o 601, como dito, está pelo fato da linha fazer o seu itinerário na parte mais a oeste do Bessa, dentro do bairro. Diferente da linha 601, o itinerário da linha 603 dentro do Bessa não é binário; ele vai usar as mesmas vias para ir e voltar.

O itinerário da linha 603 dentro do Bessa é feito pelas vias Ivanice da Câmara, Miriam Rabelo Barreto, Bacharel José de Oliveira Curchatuz, Dr. Francisco de Assis Câmara Dantas, Gildemar Pereira de Macedo, parte da Campos Sales e Tertuliano de Castro. A linha chega no Terminal do Bessa pelo lado oposto ao do 601.

A linha atende a locais de referência como os dois Parques Parahyba e a Praça do Caju. É uma área de elevada concentração residencial, o que explica a alta demanda da linha.

A linha 603 opera com 5 ônibus fazendo 50 viagens de segunda a sábado, e 3 ônibus fazendo 36 viagens aos domingos.

510-Tambaú: Não é do mesmo terminal, mas passa em grande parte do Bessa

Cabe lembrar ainda que a linha 510-Tambaú/Val Paraíso passa por metade da praia do Bessa. Faz o mesmo itinerário da linha 513 até entrar na Severino Nicolau de Melo, de onde vai para a José de Oliveira Curchatuz mencionada no itinerário do 603, daí para seu terminal, que fica no Condomínio Val Paraíso, também no bairro do Bessa.

Esta linha opera com 8 ônibus fazendo 65 viagens de segunda à sexta, 7 ônibus operando 56 viagens aos sábados e 6 ônibus operando 50 viagens aos domingos. Até 2018 era operada pela Transnacional, juntando-se à Reunidas as linhas do mesmo terminal, 521-Val Paraíso/Manaíra/Bessa e 600-Val Paraíso

O T009, tetéu da linha 510, também é operado pela Reunidas sem alterações no seu itinerário de madrugada. É a única linha do sistema que roda com dois veículos devido à sua enorme demanda.

E a Transnacional?

Com a transferência, a Transnacional sai de vez da Zona Norte, deixando para trás as praias de Tambaú, Manaíra e Bessa. Agora, as únicas linhas da empresa a passarem em praias são as 207, 2307 e 3207, da Penha. Também deixa parte do Manaíra Shopping, tendo sua presença resumida apenas às linhas 1500, 5100 e 5204.

Outra curiosidade é que a Transnacional passa a ter apenas uma única radial na Epitácio, a 517-Castelo Branco/Epitácio. No corredor 5, sua presença passa a ser praticamente operada somente com circulares (2509 e 5209, 2514 e 5206, 3510 e 5310, além das três linhas acima mencionadas do Manaíra Shopping).

A Reunidas passa a ter mais duas linhas com cobrador, e fica também com o tetéu T009 – o segundo da empresa que já tinha o T001. Já na Transnacional, a presença do cobrador fica resumida às linhas 208, 301, 302, 1500, 5100, 3200, 5204 e 5209.

A Transnacional agora resume sua área de cobertura aos setores de Mangabeira, Bancários, Castelo Branco, Cristo Redentor, Josefa Taveira, Alfredo F. Rocha, Pedro II e UFPB, além da operação de três grandes linhas circulares.

Com a transferência da linha 601-Bessa, a Transnacional deixa o corredor 6 da Tancredo Neves, além do próprio Terminal de Integração do Bessa, que conta com as linhas 513, 603, 5103 e 5104, todas elas da Reunidas, agora operadora única do terminal.

A linha 600 teve seu terminal modificado várias vezes. Inicialmente seu terminal era localizado na rua Severino Nicolau de Melo próximo ao Lucy e em conjunto com a linha 510.

Com a inauguração do Val Paraíso no Bessa, a linha passa a ter o terminal no local, assim como a 521, mas com a ida da 510 para o local, o terminal do 521 foi transferido para o estacionamento do Hiper Bompreço da BR-230 junto à linha 511

Em 2009, a antiga STTrans e atual Semob transferiu o terminal da linha para a lateral do Manaíra Shopping - o que reduziu drasticamente o itinerário da linha e sendo encurtada até as imediações do estabelecimento - mas não foi uma estratégia bem-sucedida e após 15 dias a linha retornou ao seu antigo terminal depois de várias reclamações dos moradores da comunidade.

A linha 601 também foi operada pela empresa Reunidas - quando fazia parte do antigo sistema opcional e operada com dois veículos climatizados - porém para evitar confusão com o 601 convencional a linha teve seu prefixo alterado para 600.

O mesmo ocorre com a linha 500 - para evitar sobreposição com a 510 que passou a ter seu terminal no Val Paraíso - a linha passou a trafegar na avenida Ruy Carneiro e usando em parte o itinerário do 511

A linha 521 também teve seu terminal na rua Severino Nicolau de Melo, em 2008 foi transferido para o Val Paraíso, em 2009 foi transferido para o Hiper Bompreço e em 2015 a Semob promoveu uma fusão nas linhas 500 e 521. Com isso, a linha 521 foi extinta e o terminal da linha foi relocado mais uma vez: até 2015 a linha tinha como terminal o Hiper Bompreço, junto à linha 511. Agora seu terminal é na lateral do residencial Val Paraíso - o mesmo das linhas 510 e 600

A linha 513 também teve seu terminal no Lucy. Em 2008, seu terminal foi transferido para a avenida Oceano Atlântico - no bairro de Intermares em Cabedelo - e apesar da mudança, a linha não deixou de passar no seu antigo terminal. Em 2011, seu itinerário foi alterado não no sentido Bairro-Centro - mas no sentido inverso, ao chegar no ponto de apoio da linha na avenida Tertuliano de Castro os coletivos não retornam mais para a orla do Bessa localizada na avenida Artur Monteiro de Paiva - e com a alteração, os coletivos saem do seu ponto de apoio na avenida Tertuliano de Castro e seguem pela rua Maria da Penha Ribeiro de Lima - chegando assim no seu terminal em Intermares situado na avenida Oceano Atlântico. Em 2012, o terminal foi transferido para o TIB (Terminal de Integração do Bessa) localizado na esquina da avenida Presidente Washington Luiz com a rua Renato de Souza Maciel - próximo ao Mercado Público do Bessa

População[editar | editar código-fonte]

  • 7.111 (2000)
  • 13.096 (2010)[2]

Distâncias[editar | editar código-fonte]

Notas e referências