Bingen am Rhein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bingen am Rhein
Bingen Brunnen am Marktplatz 2009.jpg
Praça do mercado (Marktplatz) de Bingen am Rhein
Brasão Mapa
Brasão de Bingen am Rhein
Bingen am Rhein está localizado em: Alemanha
Bingen am Rhein
Mapa da Alemanha, posição de Bingen am Rhein acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Renânia-Palatinado
Distrito Mainz-Bingen
Prefeito Birgit Collin-Langen
Partido no poder CDU
Estatística
Coordenadas geográficas 49° 58' 1" N 7° 58' 42" E
Área 37,74 km²
Altitude 89 m
População 24.134[1] (31/12/2009)
Densidade populacional 639,48 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo MZ, früher: BIN
Código postal 55411
Código telefônico 06721-06725
Website sítio oficial
Localização de Bingen am Rhein
no distrito de Mainz-Bingen
Bingen am Rhein in MZ.svg

Bingen am Rhein é uma cidade da Alemanha localizada no distrito de Mainz-Bingen, estado da Renânia-Palatinado. Está localizada às margens do rio Reno. Faz parte de uma região histórica declarada Patrimônio da Humanidade.

O primeiro povoado construído no local foi obra dos celtas, chamando-o de Binge. Depois foi habitado pelos romanos, que o tornaram um posto militar e o ponto de partida da Via Ausônia, que o ligava a Tréveris. Entre 335 e 360 a então vila foi cristianizada. Depois se tornou um domínio dos francos e em 983 foi doada pelo imperador Otão III ao arcebispo de Mogúncia. Em 1165 foi devastada por guerras, e no século XIII se tornou membro da Liga do Reno. No início do século XV a cidade foi comprada do arcebispado pelo Capítulo da Catedral de Mogúncia, e permaneceu sob sua administração até o fim do século XVIII, período em que sofreu vários incêndios e pilhagens. No século XIX passou sucessivamente para a jurisdição francesa, para o Grão-Ducado de Hesse-Darmstádio, para a Prússia, até que foi absorvida pelo recém-criado Império Alemão em 1871. Em 1969, Bingen absorveu o município de Bingerbrück, e em 1972 os de Dromersheim e Sponsheim. O topônimo "am Rhein" só foi acrescentado ao seu nome em 1982. Em 2006 possuía 24.587 habitantes.

É hoje um ativo ponto turístico por suas construções históricas, seus vários festivais culturais e sítios arqueológicos, e tem sua economia reforçada pela vitivinicultura. É conhecida também por ser a cidade natal de Santa Hildegarda de Bingen, Stefan George e Berta de Bingen.

Bingen am Rhein e Bingerbrück vistas de Elisenhöhe

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Bingen am Rhein
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.