Bloop

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espectrograma do Bloop; Fonte: NOAA
Som do Bloop adaptado para frequências audiveis; Fonte: NOAA

O Bloop é o nome de som submarino de frequência ultra-baixa extremamente poderosa detectado pelo National Oceanic and Atmospheric Administration durante várias vezes no verão de 1997, e a sua origem continua sendo um mistério. O som nunca mais foi detectado.[1] Atualmente, atribui-se o fenômeno ao som gerado por icequakes.

Análises[editar | editar código-fonte]

A localização de seu rastreamento foi de algo em torno de 50° S 100° W (América do Sul, costa sudoeste) por equipamentos da Marinha dos Estados Unidos originalmente instalado para detectar submarinos nucleares da União Soviética.[2]

Uma afirmação frequente é que ele corresponda ao perfil de áudio de uma criatura viva.[2] [3] [4] sendo que esta visão é maioritamente ocupada pelas pessoas da área da criptozoologia e não é popular entre os principais cientistas. Se o som veio de um animal, ele teria que ser várias vezes o tamanho do maior animal conhecido na Terra, a baleia-azul.[5]

Teoricamente, o bloop poderia ser produzido por uma máquina. A frequência é possível, mas o volume seria mais difícil de produzir. Um submarino nuclear é uma hipótese possível: quando um submarino submerge ou ressurgir cumpre ou serve como lastro. O tempo de enchimento desses reatores pode durar entre 30 segundos a um minuto.[6] .

O som aumentava rapidamente na frequência durante cerca de um minuto e foi de amplitude suficiente para ser ouvida em vários sensores, a uma distância de mais de 5.000 km.[1]

Há vários casos registrados de sons desconhecidos, como o Bloop e assim o Bloop não é um fenômeno único.[7]

Atualmente, estudos mostraram haver consistência entre o fenônemo bloop e o som gerado pelo quebramento de geleiras.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b "Acoustics Monitoring Program" (html) (em inglês). Pmel.noaa.gov.us. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  2. a b "Damn Interesting • The Call of the Bloop" (html) (em inglês). Damninteresting.com. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  3. "the Bloop audio that baffles researchers" (html) (em inglês). Paranormalactivities.net. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  4. "The Hip Forums" (php) (em inglês). Hipforums.com. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  5. "Tuning in to a deep sea monster" (html) (em inglês). CNN.com. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  6. "Les sous-marins : Le ballast" (html) (em inglês). codingrulz. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  7. "pmel" (html) (em inglês). Pmel.noaa.gov.us. Consultado em 7 de novembro de 2009. 
  8. "Icequakes(Bloop)" (html) (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]