Boceprevir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Boceprevir
Alerta sobre risco à saúde
Boceprevir.svg
Nome IUPAC (1R,2S,5S)-N-[(2Ξ)-4-amino-1-cyclobutyl-3,4-dioxobutan-2-yl)]- 3-{(2S)-2-[(tert-butylcarbamoyl)amino]-3,3-dimethylbutanoyl}- 6,6-dimethyl-3-azabicyclo[3.1.0]hexane-2-carboxamide
Identificadores
Número CAS 394730-60-0
Propriedades
Fórmula química C27H45N5O5
Massa molar 519.65 g mol-1
Farmacologia
Via(s) de administração oral
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Boceprevir (nome comercial Victrelis, da Merck Sharp & Dohme) é um inibidor de protease utilizada para o tratamento da hepatite C genotipo 1. Um estudo publicado na revista científica The Lancet em agosto de 2010 revelou que o antiviral aumenta a taxa de cura em pacientes que não obtêm resultados satisfatórios com os medicamentos convencionais como ribavirina e peginterferon alfa-2b.[1] O tratamento é feito em terapia tripla medicamentosa, com os medicamentos citados.

Foi aprovado no Brasil pela Anvisa em 25 de julho de 2011, sendo o primeiro inibidor de protease a receber aprovação do órgão regulador no país.[2] Pelo FDA, havia sido aprovado em 13 de maio de 2011.

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Inibição da replicação viral através da ligação do fármaco ao sítio ativo serina da NS3 protease (Ser139) através de um grupo funcional (alfa)-cetoamida, desta forma inibe a HCV NS3 protease.[2]

Notas e referências

  1. G1. «Novo antiviral aprimora tratamento contra hepatite C, diz estudo». Consultado em 10 de agosto de 2010. 
  2. a b Portal da Hepatite. ANVISA APROVA VENDA DE BOCEPREVIR. Acesso em 28 de julho de 2011

Ligações externas[editar | editar código-fonte]