Boletaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBoletaceae
Boletus edulis

Boletus edulis
Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Basidiomycota
Classe: Agaricomycetes
Ordem: Boletales
Família: Boletaceae
Chevall. (1828)
Género-tipo
Boletus
Fr. (1821)
Sinónimos

Boletaceae é uma família de cogumelos basidiomicetos, cuja principal característica é que libertam os seus esporos através de pequenos poros situados na parte inferior do chapéu (píleo) do seu cogumelo (ou basidiocarpo). Não possuem lamelas, como ocorre nos agáricos. A sua distribuição natural é quase tão ampla como a dos agáricos, e o grupo inclui a espécie Boletus edulis, muito apreciada pelos recolectores de cogumelos. A família Boletaceae constitui um grupo de fugos relativamente seguros para o consumo humano, já que não se conhecem espécies que possam ser mortais para os adultos. No seu conjunto, as espécies típicas desta família são vulgarmente conhecidas pelo nome comum de boletos.

Géneros[editar | editar código-fonte]

Apesar de sucessivas alterações na taxonomia terem removido múltiplas espécies antes incluídas na família Boletaceae, esta continua a ser uma família numerosa. São reconhecidos dentro deste grupo pelo menos 35 géneros, que contêm um total de 787 espécies:[1]


Boletales

Serpulaceae



Sclerogastraceae



Sclerodermataceae



Rhizopogonaceae



Protogastraceae



Paxillaceae



Hygrophoropsidaceae



Gyroporaceae



Gomphidiaceae



Gastrosporiaceae



Gasterellaceae



Diplocystidiaceae



Coniophoraceae



Boletinellaceae


Boletaceae

Boletus



Leccinum



Xerocomus



Pulveroboletus



Buchwaldoboletus



Austroboletus



Aureoboletus



Tylopilus



Fistulinella



Phylloboletellus



Boletellus



Gastroboletus



Xanthoconium



Strobilomyces



Phylloporus



Leccinellum



Octaviania




Amylocorticiaceae



Calostomataceae



Notas

  1. Kirk PM, Cannon PF, Minter DW, Stalpers JA. (2008). Dictionary of the Fungi. 10ª ed. Wallingford: CABI. p. 96. ISBN 0-85199-826-7