Brandonn Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brandonn Almeida
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Brandonn Pierry Cruz de Almeida
Estilo nado medley / nado livre
Nascimento 16 de março de 1997 (21 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 73kg Altura: 1,86m
Clube SC Corinthians Paulista
Medalhas
Campeonatos Mundiais – Piscina Curta
Bronze Hangzhou 2018 400 m medley
Jogos Pan-Americanos
Ouro Toronto 2015 400 m medley
Bronze Toronto 2015 1500 m livre
Campeonato Mundial Júnior
Ouro Singapura 2015 1500 m livre
Prata Singapura 2015 400 m medley

Brandonn Pierry Cruz de Almeida (São Paulo,16 de março de 1997) é um nadador brasileiro .[1][2]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

No Campeonato Mundial Júnior de Natação de 2013, realizado em Dubai, Brandonn terminou em nono lugar nos 400 metros medley, décimo nos 800 metros livre, 15º nos 400 metros livre, e 15º nos 1500 metros livre.[3]

Em abril de 2015, participando do Troféu Maria Lenk, Brandonn quebrou o recorde brasileiro dos 1500 metros livre, com o tempo de 15m12s20.[4]

No Campeonato Sul-Americano Juvenil de Natação, em 2015, realizado em Lima, no Peru, Brandonn ganhou duas medalhas de ouro.[5]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, Brandonn conquistou a medalha de ouro nos 400 metros medley, batendo o recorde mundial júnior, com a marca de 4m14s47; e a medalha de bronze nos 1500 metros livre, batendo o recorde brasileiro, com o tempo de 15m11s70).[6][7][8]

No Campeonato Mundial Júnior de Natação de 2015, realizado em Singapura, Brandonn ganhou a medalha de ouro nos 1500 metros livre e a medalha de prata nos 400 metros medley.[9]

No Open realizado em Palhoça em dezembro de 2015, Brandonn bateu novamente o recorde mundial júnior nos 400 metros medley, com o tempo de 4m14s07.[10]

Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, Brandonn terminou em 15º nos 400 metros medley[11], e em 29º em 1500 metros livres.[12][13]

Em 26 de novembro de 2016, no Open realizado no Brasil, ele quebrou o recorde sul-americano de piscina longa nos 400 metros livres, com um tempo de 3m49s46. [14]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2016 na cidade de Windsor, no Canadá, ele terminou em 9º nos 400m medley.[15]

No Campeonato Mundial de 2017 em Budapeste, ele foi à sua primeira final individual em um campeonato mundial de piscina longa, terminando em 7º lugar nos 400m medley.[16] Ele também terminou em 18º nos 400m livres. [17]

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2018, no Japão, ele terminou em 6º na final dos 400m medley [18], e em 12º nos 200m medley. [19]

No Campeonato Mundial de Piscina Curta de 2018 em Hangzhou, ele obteve seu melhor resultado internacional ao ganhar uma medalha de bronze nos 400m medley, com o tempo de 4m03s71, seu recorde pessoal. [20]

Referências

  1. «Natación Perfil de Atleta : ALMEIDA Brandonn - Juegos Parapanamericanos en Toronto 2015». results.toronto2015.org. Consultado em 17 de julho de 2015 
  2. «Perfil no COB». COB. 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  3. «Resultado do Campeonato Mundial Júnior de 2013» (PDF). FINA. 2013. Consultado em 27 de julho de 2015 
  4. «Brandonn bate recorde, faz índice e levanta arquibancada no Fluminense». CBDA. 7 de abril de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  5. «Um Tsunami chamado Brandonn Almeida». CBDA. 25 de abril de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  6. «Thiago Pereira é desclassificado, e brasileiro Brandonn Almeida é ouro». Consultado em 17 de julho de 2015 
  7. «Como foi o último dia de provas no Pan de Toronto». Best Swimming. 19 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  8. «Um dia para celebrar e esquecer». Best Swimming. 17 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  9. «Brandonn Almeida confirma boa fase». Consultado em 1º de setembro de 2015 
  10. «Índices, recorde sul-americano e recorde mundial no segundo dia em Palhoça». Best Swim. 17 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de dezembro de 2015 
  11. «Brandonn fica fora da final dos 400m medley nos Jogos do Rio e chora». Estadão. 6 de agosto de 2016. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  12. «Depois de 36 anos, 4x100m medley masculino na final olímpica». CBDA. 12 de agosto de 2016. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  13. «Resumo das últimas eliminatórias olímpicas». Best Swim. 12 de agosto de 2016. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  14. «Brandonn Almeida fecha Open com recorde sul-americano nos 400 livre». Best Swim. 26 de novembro de 2016. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  15. «Resultado dos 400m medley no Mundial de Windsor 2016». OmegaTiming. 10 de dezembro de 2016. Consultado em 16 de dezembro de 2018 
  16. «Resultado dos 400m medley no Mundial de Budapeste 2017». OmegaTiming. 30 de julho de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  17. «Resultado dos 400m livres no Mundial de Budapeste 2017». OmegaTiming. 23 de julho de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  18. «Resultado dos 400m medley no Pan Pacífico de 2018» (PDF). Seiko. 9 de agosto de 2018. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  19. «Resultado dos 200m medley no Pan Pacífico de 2018» (PDF). Seiko. 11 de agosto de 2018. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  20. «Resultado dos 400m medley no Mundial de Hangzhou 2018». OmegaTiming. 15 de dezembro de 2018. Consultado em 15 de dezembro de 2018