Brycon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBrycon
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Characiformes
Família: Characidae
Subfamília: Bryconinae
Género: Brycon
Espécies
Ver texto.

Brycon é um gênero de peixes caracídeos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Este gênero é formado por peixes onívoros que se alimentam de folhas, frutas e sementes, assim como de insetos e pequenos peixes. Fazem parte, do gênero, a piraputanga (Brycon hilarii = Brycon microleps), a pirapitinga (Brycon opalinus) e o matrinxã ou jatuarana (Brycon amazonicus = Brycon cephalus). A piraputanga ocorre na bacia do Rio Paraguai; a pirapitinga, em rios da Mata Atlântica; e o matrinxã na bacia Amazônica. A piracanjuba (Triurobrycon lundii), que ocorre nos rios Grande e Paraná, também é incluída no gênero como Brycon orbignyanus. A piabanha (Brycon insignis) ocorre no Rio Paraíba do Sul.

Nomes de espécies deste gênero[editar | editar código-fonte]

  • Brycon alburnus (Günther, 1860);
  • Brycon amazonicus (Spix & Agassiz, 1829);
  • Brycon argenteus Meek & Hildebrand, 1913;
  • Brycon atrocaudatus (Kner, 1863);
  • Brycon behreae Hildebrand, 1938;
  • Brycon bicolor Pellegrin, 1909;
  • Brycon brevicauda Günther, 1864
  • Brycon cephalus (Günther, 1869);
  • Brycon chagrensis (Kner, 1863);
  • Brycon coquenani Steindachner, 1915;
  • Brycon coxeyi Fowler, 1943;
  • Brycon dentex Günther, 1860;
  • Brycon devillei (Castelnau, 1855);
  • Brycon falcatus Müller & Troschel, 1844;
  • Brycon ferox Steindachner, 1877;
  • Brycon fowleri Dahl, 1955;
  • Brycon guatemalensis Regan, 1908;
  • Brycon henni Eigenmann, 1913;
  • Brycon hilarii (Valenciennes, 1850);
  • Brycon insignis Steindachner, 1877 - Tiete tetra;
  • Brycon labiatus Steindachner, 1879;
  • Brycon lundii Lütke
  • Brycon medemi Dahl, 1960;
  • Brycon meeki Eigenmann & Hildebrand, 1918;
  • Brycon melanopterus (Cope, 1872);
  • Brycon moorei Steindachner, 1878;
  • Brycon nattereri Günther, 1864;
  • Brycon obscurus Hildebrand, 1938;
  • Brycon oligolepis Regan, 1913;
  • Brycon opalinus (Cuvier, 1819);
  • Brycon orbignyanus (Valenciennes, 1850);
  • Brycon orthotaenia Günther, 1864;
  • Brycon pesu Müller & Troschel, 1845 - mourning tetra;
  • Brycon petrosus Meek & Hildebrand, 1913;
  • Brycon polylepis Mosco Morales, 1988;
  • Brycon posadae Fowler, 1945;
  • Brycon rubricauda Steindachner, 1879;
  • Brycon sinuensis Dahl, 1955;
  • Brycon stolzmanni Steindachner, 1879;
  • Brycon striatulus (Kner, 1863);
  • Brycon unicolor Mosco Morales, 1988;
  • Brycon vermelha Lima & Castro, 2000 &
  • Brycon whitei Myers & Weitzman, 1960.

Relação Taxonômica[editar | editar código-fonte]

A genética molecular indica que Brycon seria próximo ao gênero Salminus: ambos são colocados na mesma sub-família por alguns autores.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.