Bufo-real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bufo real)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBufo-real
Uhu-3.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Strigiformes
Família: Strigidae
Género: Bubo
Espécie: B. bubo
Nome binomial
Bubo bubo
(Linnaeus, 1758)
Distribuição geográfica
Bubo bubo distribution map.png

O bufo-real[1] (Bubo bubo) é uma espécie de ave estrigiforme pertencente à família Strigidae.

Nomes comuns[editar | editar código-fonte]

Além do substantivo bufo-real, esta ave é ainda comummente conhecida como corujão[2], martaranho[3], mocho-real[4], ujo[5] ou simplesmente bufo.[6]

Características[editar | editar código-fonte]

É, atualmente a maior espécie de coruja existente no planeta, chegando a 86 cm de comprimento, 1,70 a 2,10 metros de envergadura e pode pesar até 5,5 quilos. O Bufo-Real tem uma longevidade bastante extensa, que pode variar de 10 a 20 anos.

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

Está presente na Europa, Ásia e África. É mais comum no nordeste da Europa, mas também na zona circundante ao Mar Mediterrâneo, incluindo a Península Ibérica, sendo contudo bastante raro. Habita terrenos rochosos com ou sem bosques, afastados da presença humana. Nidifica em cavidades de troncos de árvores e a postura é de 2 a 3 ovos, entre Abril e Maio.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Esta espécie, tendo em conta os seus hábitos noctívagos, dificilmente será visível de dia.[7] No entanto, mercê da sua actividade vocal, que por sinal é mais intensa nos meses de Novembro a Fevereiro, é possível detectar a sua presença à noite.[7]

Esta ave de rapina privilegia as regiões mais remotas do interior do país, mormente entre zonas rochosas e pouco propensas a serem perturbadas pela presença humana, para nidificar.[7]

Contam-se, ainda, algumas áreas de nidificação típicas, nas serras da Arga e Amarela e ainda na zona de Castro Laboreiro, no que toca à região do Minho; nas cercanias de Miranda do Douro e do Penedo Durão[8], em Trás-os-Montes; nas Portas de Ródão, bem como no vale do rio Águeda, na região da Beira Interior e, ainda, na serra de São Mamede, nos azinhais de Cabeção e ao longo do vale do Guadiana, no Alentejo.[9]

Bufo-real sendo atacado por gralhas.

Predador[editar | editar código-fonte]

Trata-se de um predador de topo, encontrando-se nos lugares mais elevados na cadeia trófica. Alimenta-se de ratos, ratazanas, gaivotas, patos, lebres e inclusive de outros bufos e aves de rapina. É violentamente atacado por gaivotas e gralhas em bandos. É principalmente noturno e emite os seus chamamentos ao anoitecer e ao amanhecer. A sua vocalização[10] é um uuu-uu repetido e grave. Caracteriza-se pelos dois tufos de penas no alto da cabeça – que retrai durante o voo –, grandes olhos de íris laranja, o ventre pálido e listado e dorso jaspeado e escuro com manchas claras.

Referências

  1. Infopédia. «bufo-real | Definição ou significado de bufo-real no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  2. Infopédia. «corujão | Definição ou significado de corujão no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  3. Infopédia. «martaranho | Definição ou significado de martaranho no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  4. Infopédia. «mocho-real | Definição ou significado de mocho-real no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  5. Infopédia. «ujo | Definição ou significado de ujo no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  6. Infopédia. «bufo | Definição ou significado de bufo no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2021 
  7. a b c «Bufo-real (Bubo bubo)». www.avesdeportugal.info. Consultado em 11 de junho de 2021 
  8. «Miradouro Penedo Durão - Freixo de Espada à Cinta | Guia para visitar em 2021 - oGuia». www.guiadacidade.pt. Consultado em 11 de junho de 2021 
  9. «Página de Espécie • Naturdata - Biodiversidade em Portugal». Naturdata - Biodiversidade em Portugal. Consultado em 11 de junho de 2021 
  10. Chamamento do macho de bufo-real
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado ao Projeto Aves, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.