Camargo (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Camargo
Bandeira indisponível
Brasão de Camargo
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 12 de maio
Fundação 5 de dezembro de 1988 (28 anos)
Gentílico camarguense
Lema Camargo no Rumo certo
CEP 99165-000
Prefeito(a) Eliani Mesacasa Trentin (PP)
(2017–2020)
Localização
Localização de Camargo
Localização de Camargo no Rio Grande do Sul
Camargo está localizado em: Brasil
Camargo
Localização de Camargo no Brasil
28° 35' 13" S 52° 12' 07" O28° 35' 13" S 52° 12' 07" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008[1]
Microrregião Passo Fundo IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Marau, Vila Maria, Nova Alvorada e Soledade
Distância até a capital 253 km
Características geográficas
Área 138,069 km² [2]
População 2 726 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 19,74 hab./km²
Clima Temperado
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,814 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 53 707,433 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 094,83 IBGE/2008[5]
Página oficial

Camargo é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Quando os primeiros imigrantes de origem italiana, vindos da região de Antônio Prado, chegaram nas proximidades de Marau, toda planície cercada de pequenas elevações que margeava um rio,era habitada por algumas famílias de caboclos. Esse rio chamava-se Camargo, daí o nome do novo município.

Em 1905, quando as famílias italianas se estabeleceram em Camargo, trouxeram consigo os hábitos e costumes de seus ancestrais da longínqua Itália. Em 1910, chegou a Camargo o Sr. Reno Strona, que elaborou um esboço estruturando a vila e locando as ruas.

Já em 1911 foi instalado o Cartório de Registros Civis, tendo como seu primeiro escrivão o Sr. Teodoro Manuel dos Santos.

Em 17 de fevereiro de 1959, nos termos da lei estadual nº 3 723, foi autorizada a anexação do Distrito de Camargo ao município de Marau. Em 1967, foi definitivamente instalado o Ginásio Comercial Gabriela Mistral, que originou a atual Escola Estadual de 1º Grau Pandiá Calógeras.

Camargo fez seu plebiscito em 10 de abril de 1988, onde 1491 eleitores votaram, estando oficialmente inscritos 2000 eleitores. No pleito realizado, 1405 votaram favoravelmente à emancipação.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Camargo pertence à Mesorregião do Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião de Passo Fundo.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 22 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.