Campo da Pólvora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Campo da Pólvora (antes denominado Campo dos Mártires) foi um campo de futebol localizado em Salvador, no estado da Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

Tudo começou em 21 de outubro de 1901 quando José Ferreira Junior, o Zuza Ferreira, improvisou um campo de futebol no Campo da Pólvora, que até então era denominado de Campo dos Mártires. Zuza marcou o espaço do gol com duas pedras grandes, dez metros entre uma e outra, sendo também disputado o primeiro jogo.[1][2] Em 30 de outubro de 1903 foi disputada a primeira partida internacional, por marinheiros americanos que se encontravam em Salvador e um combinado anglo-brasileiro.[2]

Em 9 de abril de 1905, o Campo se tornou oficial com os jogos realizados da Liga Baiana de Esportes Terrestres (atual Campeonato Baiano). A estreia foi com um jogo realizado entre Internacional e Vitória, com uma vitória de 3 a 1 do Internacional.[3] O Campo da Pólvora não tinha arquibancada. O público se posicionava pelos quatro cantos do campo que era "cercado" por cadeiras onde se sentavam as senhoras, além disso o público tinham que se vestir a rigor, pois o futebol naquela época era feito para a elite.[4]

Atualmente, o Campo da Pólvora não existe mais e em seu lugar existe uma estação do metrô da capital baiana, a Estação Campo da Pólvora sob o Largo do Campo da Pólvora.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Zuza Ferreira, o homem que trouxe o futebol para a Bahia
  2. a b De acordo com o site salvadorhistoriacidadebaixa.blogspot.com.br na seção "CAMPO DA PÓLVORA – FORUM RUI BARBOSA"
  3. Arena Fonte Nova e os antecedentes dos estádios de Salvador
  4. Salvador Presente: nossos pontos de encontro
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.