Campos de Cima da Serra (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Planta do Continente do Rio Grande em 1780
Mapa da Província de São Pedro em 1852

Campos de Cima da Serra, também chamada de Campos de Vacaria, é uma região fisiográfica do Rio Grande do Sul localizada no extremo nordeste do estado, na divisa com Santa Catarina. É composta pelos municípios principais de Bom Jesus, Cambará do Sul, Esmeralda, Lagoa Vermelha, São Francisco de Paula, São José dos Ausentes, Jaquirana, Campestre da Serra, Ipê, Pinhal da Serra, Muitos Capões, Monte Alegre dos Campos, Campestre da Serra e Vacaria. Sua área total é de 21.033 km², ela localiza-se a altitudes entre 900 metros, a oeste, e 1.200 metros nos Aparados da Serra. É composta de relevo suave profundamente recortado por alguns rios e formada por uma planície elevada de solo basáltico de inclinação oeste. Predomina a vegetação campo, havendo presença esparsa de capões de araucárias.[1]

Existe uma faixa de pinhais extensos ao longo dos Aparados da Serra. Na parte oeste há grandes pinhais encravados nos campos. No vale do rio Pelotas existe uma ligação direta da floresta latifoliada (que segue vale do Uruguai acima até as Missões) com a formação equivalente da borda leste do Planalto Médio, comunicando com as florestas atlânticas de Santa Catarina.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BORGES FORTES, Amyr. Aspectos Fisiográficos, Demográficos e Econômicos do Rio Grande do Sul. Serviço Social da Indústria, 1959.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.