Carlos de Gonzaga-Nevers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos de Gonzaga-Nevers
Duque de Mayenne e de Aiguillon
Carlo II Gonzaga.jpg
Retrato de Carlos de Gonzaga-Nevers, por Matthäus Merian
Reinado 1621 - 1631
Consorte Maria de Mântua
Casa Casa Ducal de Mântua
Dinastia Família Gonzaga
Nascimento 22 de outubro de 1609
  Royal Standard of the King of France.svg Reino de França
Morte 22 de outubro de 1609 (-22 anos)
  Cavriana, Coat of arms of the House of Gonzaga (1575).svg Ducado de Mântua
Filho(s) Carlos II de Mântua
Leonor, imperatriz consorte
Pai Carlos I de Mântua
Mãe Catarina de Mayenne

Carlos Gonzaga, o segundo do nome[1], era um príncipe franco-italiano, da Casa de Gonzaga, nascido em França em 22 de outubro de 1609 e morto em 30 de agosto de 1631 em Cavriana (Itália).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carlos era o 2º filho varão de Carlos Gonzaga, o primeiro deste nome, Duque de Nevers, Duque de Rethel e Príncipe de Arches. A sua mãe era Catarina de Mayenne, filha do célebre Mayenne (Carlos de Lorena, duque de Mayenne), morto em 1611, e irmã do jovem Henrique de Mayenne, que virá a morrer sem sucessão.

Carlos, que usará o título honorário de duque de Rethel, tinha 12 anos quando vem a herdar os feudos de seu tio materno Henrique de Mayenne, em 1621, pelo que se torna Duque de Mayenne, Duque de Aiguillon, marquês de Villars, conde de Maine, de Tende e de Sommerive.

O seu irmão mais velho, Francisco, potencial herdeiro de seu pai, morre em 1622 com apenas 16 anos. Carlos torna-se, então, herdeiro presuntivo dos ducados de Nevers e de Rethel e do principado de Arches.

Em 1627, o seu pai Carlos I, torna-se, na sequência da guerra da Sucessão de Mântua, duque de Mântua e duque de Monferrato, estados de que ele será o herdeiro.

Esta situação durará apenas 4 anos, uma vez que morre apenas com 22 anos, em 30 de agosto de 1631, deixando os feudos herdados do tio materno ao seu irmão mais novo Fernando Gonzaga. Mas Fernando sobrevive-lhe apenas um ano, e será o pequenino filho de Carlos (também chamado de Carlos), que herdará todo o património familiar[2].

Carlos virá a casar, em 26 de dezembro de 1627 em Mântua, com Maria de Mântua (1609-1660), filha do duque Francisco IV e de Margarida de Saboia, casamento que fora combinado entre o duque reinante de Mântua, Vicente II (tio da noiva), e Carlos Gonzaga, Duque de Nevers e Rethel (pai do noivo) . Com este casamento, Vicente II, sem perspetivas de descendência, associava-se ao herdeiro do ramo dito de Nevers da família Gonzaga, assegurando a continuidade dos seus estados.

A sua vontade de ver os Nevers como cabeça de Mântua e Monferrato, contraria os plano do imperador Fernando II de Habsburgo que preferia um Gonzaga da linha dita de Guastalla no trono dos ducados italianos. Vicente morre algumas horas após o casamento e o antagonismo entretanto criado entre os dois ramos familiares, originou a Guerra da Sucessão de Mântua (16281631)[3] que acaba por reconhecer os direitos dos Nevers.

Carlos morre em 14 de agosto de 1631 no castelo de Cavriana onde se encontrava em convalescença. Foi sepultado no Santuário da Bem-aventurada Virgem das Graças, de Curtatone, situado às portas de Mântua [4].

Descendência[editar | editar código-fonte]

Carlos e Maria tiveram três filhos :

  • Maria[5]
  • Carlos (1629-1665) que sucederá ao seu tio Fernando como duque de Mayenne e a seu avô como duque de Mântua, duque de Monferrato, duque de Nevers, duque de Rethel, príncipe de Mântua (em França) e príncipe de Arches;
  • Leonor (1630-1686), que casará em 1651 com o imperador Fernando III de Habsburgo[6] (1608-1657).


Notas[editar | editar código-fonte]

  1. neste artigo é denominado Carlos de Gonzaga-Nevers em atenção ao ramo familiar a que pertencia e, como faleceu antes de seu pai, não teve um numeral associado ao seu nome
  2. com excepção do ducado de Aiguillon reintegrado na Coroa de França por Richelieu aquando da morte de Fernando Gonzaga, em 1632
  3. «Notce». Sapere.it (em italiano) 
  4. «Notice». chiesacattolica.it (em italiano) 
  5. A existência desta filha é apenas assegurada pelo texto de Hilarion de Coste sobre Catarina de Mayenne: Charles de Gonzague de Cleves Duc de Rhetelois a épousé Marie de Gonzague sa cousine, fille de François Duc de Mantoue et de Mont-ferrat, et de Marguerite Infante de Savoye: de laquelle il a eu trois enfans, 2 filles et un fils unique, à savoir Eleonor et Marie de Gonzague, et Charles II. à present Duc de Mantoue et de Mont-ferrat sous la regence de sa mere la Princesse Marie de Mantoue.
  6. Fernando III de Habsburgo, que se torna genro de Carlos e Maria, era filho do imperador Fernando II, que não desejava ver um Nevers no trono de Mântua, desaprovando, portanto, o casamento de Carlos e Maria.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes / Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Carlos de Gonzaga-Nevers
Nascimento: 22 de outubro de 1609 Morte: 30 de agosto de 1631
Precedido por:
Henrique de Mayenne
Coat of arms of the House of Gonzaga (1627).svg
Duque de Mayenne
e Duque de Aiguillon

1621–1631
Sucedido por:
Fernando de Gonzaga