Carolina Cardoso de Menezes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carolina Cardoso de Menezes
Informação geral
Nome completo Carolina Cardoso de Menezes Cavalcanti
Nascimento 27 de maio de 1916
Origem Rio de Janeiro, RJ
País Brasil Brasil
Data de morte 31 de dezembro de 1999 (83 anos)
Gênero(s) choro
polka
samba
Instrumento(s) piano

Carolina Cardoso de Menezes Cavalcanti (Rio de Janeiro, 27 de maio de 1916 — Rio de Janeiro, 31 de dezembro de 1999) foi uma compositora e pianista brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carolina teve suas primeiras lições de piano com seus pais, Osvaldo Cardoso de Menezes e Dona Sinhá. A partir dos 13 anos de idade, passou a estudar o instrumento com Zaíra Braga, aperfeiçoando-se posteriormente com os professores Gabriel de Almeida e Paulino Chaves. Teve também a oportunidade de conhecer Chiquinha Gonzaga, com quem teve algumas aulas.

Formou-se pelo Instituto Nacional de Música em teoria musical e solfejo, seguindo os estudos em harmonia com seu primo Newton Pádua.[1]

Tornou-se famosa graças ao rádio, onde começou em 1930 e tocou como pianista contatada de várias emissoras, como as rádios Tupi, Educadora e Mayrink Veiga. Nas rádios, acompanhava como instrumentista os mais célebres cantores da época ou como integrante de formações instrumentais ou orquestras. Lançou também inúmeros discos solo - o primeiro em 1931, com composições de grandes artistas nacionais, além de suas próprias composições. Sua última gravação lançada comercialmente foi realizada em 1999.

Era especialista em choros e sambas, executando-os em arranjos considerados ousados e modernos para a época. Incorporou diversos ritmos, do foxtrot ao rock'n roll, apresentando-se até no ano de sua morte. Pouco antes de morrer, revelou-se "desapontada" por não haver sido convidada para exibir-se na minissérie Chiquinha Gonzaga, da Rede Globo.[1]

Morreu de causas naturais em sua casa, no bairro do Méier, aos 83 anos, e foi sepultada no Cemitério de São João Batista.

Composições[editar | editar código-fonte]

  • "Ausência"
  • "Beijos de amor" (com Everaldo Bahia)
  • "Brasil Rock"
  • "Caboclinha" (com Osvaldo Cardoso de Menezes)
  • "Comigo é assim"
  • "Comigo mesma"
  • "Tudo cabe num beijo" (com Oswaldo Santiago)

Discografia[editar | editar código-fonte]

1997 - Preludiando • Accoustic • CD

1989 - Fafá & Carolina - Fafá Lemos e Carolina Cardoso de Menezes • Eldorado • LP

1986 - Os Pianeiros - Aloysio de Alencar, Carolina Cardoso de Menezes e Antônio Adolfo • LP

1961 - Carolina e o sucesso • Odeon • LP

1960 - Carolina no samba • Helium Discos • LP

1958 - Covardia/Patrícia • Odeon • 78

1958 - Tapete mágico • Odeon • LP

1957 - Despedida de Mangueira/Maria, Maria • Odeon • 78

1957 - Samba no Rio/Brasil Rock • Odeon • 78

1957 - Teleco teco • Odeon • LP

1956 - Se acaso você chegasse/Atômico • Odeon • 78

1956 - Lembrando o carnaval (I)/Lembrando o carnaval (II) • Odeon • 78

1956 - Linda morena-Lourinha-Pastorinhas/Pierrô apaixonado-Malmequer-Jardineira • Odeon • 78

1955 - Pianista de mafuá/Luva de veludo • Odeon • 78

1955 - Ai que saudades da Amélia/Maria boa • Odeon • 78

1955 - Um yankee em Ipirapuera/Derrapando na Gávea • Odeon • 78

1955 - Cabelos brancos/Camisa listrada • Odeon • 78

1955 - Sucessos em desfile nº 2 • Odeon • LP

1955 - Lembrando Carmen Miranda • Odeon • LP

1954 - Uma farra em Campo Grande/Vem cá meu amor • Odeon • 78

1954 - Piano maluco de Carolina (Potpourri de foxes)/Coquetel nº 1 (Potpourri de boleros) • Odeon • 78

1954 - Seleção de viras/Sinceridade • Odeon • 78

1954 - Odeon/ Tenebroso • Sinter • 78

1954 - Sucessos em desfile nº 1 • Odeon • LP

1953 - Carolina Cardoso de Menezes interpreta Ernesto Nazareth

1953 - Fla-Flu/Rapadura • Odeon • 78

1953 - Brejeiro/Escorregando • Sinter • 78

1953 - Um Domingo no Jardim de Alah/Tenderly • Sinter • 78

1952 - Nossa amizade/Beijos de amor • Sinter • 78

1952 - No crepúsculo/Ternamente • Sinter • 78

1951 - Baionando/Expressinho • Sinter • 78

1951 - Luar de Paquetá/Malandrinho • Sinter • 78

1950 - Pombo correio/Regressando • Sinter • 78

1944 - Rato, rato/Fala bandolim • Victor • 78

1944 - Dor de um coração/Os patinadores • Victor • 78

1943 - Amor-Cielito lindo (Ritmo de fox)/Jalousie (Ritmo de folx) • Victor • 78

1943 - Tico tico no fubá/Carinhoso • Victor • 78

1943 - Un peu d'amour (Ritmo de fox)/Amoreuse (Ritmo de fox) • Victor • 78

1943 - Amapola (Ritmo de fox)/Marai-la-ó (Ritmo de fox) • Victor • 78

1942 - Potpourri de melodias/Eu sou do barulho • Odeon • 78

1942 - Maria Elena/Amoroso • Victor • 78

1942 - Melodias de Franz Lehar (Ritmo de fox)/Tangerine • Victor • 78

1941 - Palpite infeliz/Agora é cinza • Victor • 78

1941 - Helena!...Helena!.../Aurora • Columbia • 78

1939 - É bom parar/Juro/Não tenho lágrimas/Tenha pena de mim • Victor • 78

1933 - Novidade/Caboclinha • Odeon • 78

1934 - Comigo é assim/Preludiando • Odeon • 78

1933 - I have money/My sweet haven • Odeon • 78

1931 - Good Bye/Eu passo • Parlophon • 78

1931 - Foi um sonho/Ela me trata bem • Parlophon • 78

1931 - Comigo mesma/Tempos que se foram • Parlophon • 78

Referências

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.