Carolyn Shoemaker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carolyn Shoemaker
Astronomia
Nacionalidade Estados Unidos Norte-Americana
Nascimento 24 de junho de 1929 (87 anos)
Local Gallup, Novo México
Atividade
Campo(s) Astronomia
Prêmio(s) Medalha Rittenhouse (1988), Medalha James Craig Watson (1998)

Carolyn Jean Spellmann Shoemaker (Gallup, Novo México, 24 de Junho de 1929) é uma astrónoma norte-americana, viúva do também astrónomo Eugene Shoemaker e actual detentora do recorde de maior número de cometas descobertos por uma única pessoa: até 2002, Carolyn Shoemaker havia descoberto 32 cometas e mais de 800 asteróides. É ainda conhecida pela co-descoberta, juntamente com o marido e David Levy, do Cometa Shoemaker-Levy 9 em 1993, quando trabalhava no Observatório Palomar.

Carolyn recebeu um doutorado honorário da Northern Arizona University of Flagtaff em 1990 e a medalha Exceptional Scientific Achievement da NASA em 1996. Foi condecorada juntamente com seu marido com a Medalha Rittenhouse de 1988, o prémio Scientists of the Year em 1995 e a Medalha James Craig Watson de 1998.

Referências[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carolyn Shoemaker
Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.