Carolyn Shoemaker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carolyn Shoemaker
Nascimento 24 de junho de 1929 (87 anos)
Gallup, Novo México
Nacionalidade Estados Unidos Norte-Americana
Prêmios Medalha Rittenhouse (1988), Medalha James Craig Watson (1998)

Carolyn Jean Spellmann Shoemaker (Gallup, Novo México, 24 de Junho de 1929) é uma astrónoma norte-americana, viúva do também astrónomo Eugene Shoemaker e actual detentora do recorde de maior número de cometas descobertos por uma única pessoa: até 2002, Carolyn Shoemaker havia descoberto 32 cometas e mais de 800 asteróides. É ainda conhecida pela co-descoberta, juntamente com o marido e David Levy, do Cometa Shoemaker-Levy 9 em 1993, quando trabalhava no Observatório Palomar.

Carolyn recebeu um doutorado honorário da Northern Arizona University of Flagtaff em 1990 e a medalha Exceptional Scientific Achievement da NASA em 1996. Foi condecorada juntamente com seu marido com a Medalha Rittenhouse de 1988, o prémio Scientists of the Year em 1995 e a Medalha James Craig Watson de 1998.

Referências[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carolyn Shoemaker
Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.