Catarina de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Catarina
Princesa de Württemberg
Rainha Consorte de Vestefália
Reinado 8 de julho de 1807
26 de outubro de 1813
 
Cônjuge Jerónimo Bonaparte
Descendência Jerónimo Napoleão, 2.º Príncipe de Montfort
Matilde Bonaparte
Napoleão José Carlos Paulo Bonaparte
Nascimento 21 de fevereiro de 1783
  São Petersburgo, Rússia
Morte 29 de novembro de 1835 (52 anos)
  Lausana, Suíça
Enterro Igreja do Palácio de Ludwigsburg, Baden-Württemberg, Alemanha
Pai Frederico I de Württemberg
Mãe Augusta de Brunsvique-Volfembutel
Brasão

Frederica Catarina Sofia Doroteia de Württemberg (em alemão: Friederike Katharina Sophie Dorothea; São Petersburgo, 21 de fevereiro de 1783Lausana, 29 de novembro de 1835) foi a segunda esposa de Jerônimo Bonaparte.

Família[editar | editar código-fonte]

Catarina nasceu em São Petersburgo, Rússia, filha do rei Frederico I de Württemberg e da duquesa Augusta de Brunsvique-Volfembutel. Quando tinha cinco anos de idade, a sua mãe morreu e o seu pai casou-se novamente, desta vez com Carlota, Princesa Real do Reino Unido, filha mais velha do rei Jorge III.

Casamento e Descendência[editar | editar código-fonte]

Catarina foi a segunda esposa de Jerônimo Bonaparte, casada a 22 de Agosto de 1807 no Palácio Real de Fontainebleau, França. Foi rainha consorte do Reino de Vestefália. Quando o reino foi dissolvido após a queda do Império Napoleónico, ela seguiu o seu marido no exílio.

O casal teve três filhos:

  1. Jerónimo Napoleão, 2.º Príncipe de Montfort (24 de agosto de 1814 - 12 de maio de 1847), morreu solteiro e sem descendência.
  2. Matilde Bonaparte (27 de maio de 1820 – 2 de janeiro de 1904), uma figura proeminente durante e após o Segundo Império Francês como anfitriã de homens das artes e das letras; casou-se duas vezes, mas não deixou descendentes.
  3. Napoleão José Carlos Paulo Bonaparte (9 de setembro de 1822 – 17 de março de 1891), foi um conselheiro próximo do seu primo, o imperador Napoleão III de França e era visto como um dos maiores defensores da intervenção francesa em Itália e dos nacionalistas italianos; casado com a princesa Maria Clotilde de Saboia; com descendência.

Catarina morreu em Lausana, na Suíça.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Catarina de Württemberg em três gerações[1]
Catarina de Württemberg Pai:
Frederico I de Württemberg
Avô paterno:
Frederico II Eugénio de Württemberg
Bisavô paterno:
Carlos Alexandre de Württemberg
Bisavó paterna:
Maria Augusta de Thurn e Taxis
Avó paterna:
Sofia Doroteia de Brandemburgo-Schwedt
Bisavô paterno:
Frederico Guilherme de Brandemburgo-Schwedt
Bisavó paterna:
Sofia Doroteia da Prússia
Mãe:
Augusta de Brunsvique-Volfembutel
Avô materno:
Carlos Guilherme Fernando, Duque de Brunsvique-Volfembutel
Bisavô materno:
Carlos I, Duque de Brunsvique-Volfembutel
Bisavó materna:
Filipina Carlota da Prússia
Avó materna:
Augusta da Grã-Bretanha
Bisavô materno:
Frederico, Príncipe de Gales
Bisavó materna:
Augusta de Saxe-Gota

Referências

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Catarina de Württemberg
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.