Augusta de Saxe-Gota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Augusta
Princesa de Gales e Duquesa de Edimburgo
Retrato por Charles Philips, 1736
Marido Frederico, Príncipe de Gales
Descendência Augusta da Grã-Bretanha
Jorge III do Reino Unido
Eduardo, Duque de Iorque e Albany
Isabel da Grã-Bretanha
Guilherme Henrique, Duque de Gloucester e Edimburgo
Henrique, Duque de Cumberland e Strathearn
Luísa de Gales
Frederico da Grã-Bretanha
Carolina Matilde da Grã-Bretanha
Casa Wettin (por nascimento)
Hanôver (por casamento)
Nascimento 30 de novembro de 1719
  Gota, Saxe-Gota-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 8 de fevereiro de 1772 (52 anos)
  Casa Carlton, Londres,
Grã-Bretanha
Enterro Abadia de Westminster, Londres
  15 de fevereiro de 1772
Pai Frederico II, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Mãe Madalena Augusta de Anhalt-Zerbst

Augusta de Saxe-Gota-Altemburgo (Gota, 30 de novembro de 1719Londres, 8 de fevereiro de 1772)[1] foi a Princesa de Gales de 1736 até 1751. Ela é uma de apenas três Princesas de Gales a nunca se tornarem rainha consorte. Seu filho mais velho ascendeu ao trono como Jorge III do Reino Unido em 1760, já que seu marido Frederico, Príncipe de Gales, havia morrido nove anos antes.

Vida[editar | editar código-fonte]

Augusta nasceu em Gota, a sexta filha do duque Frederico II de Saxe-Gota-Altemburgo e da princesa Madalena Augusta de Anhalt-Zerbst.

Aos dezesseis anos, sem falar virtualmente nenhum inglês, chegou à Grã-Bretanha para a sua cerimónia de casamento, que se realizou a 8 de maio de 1736, na Capela Privada do Palácio de St. James, em Londres. Apesar da diferença de doze anos entre os noivos, o casamento aparentou ser feliz. Tiveram nove filhos, sendo que o último nasceu depois da morte de Frederico. O nascimento da primeira filha, a princesa Augusta Carlota de Gales (mãe de Carolina de Brunsvique), no dia 31 de agosto de 1737, aconteceu no Palácio de St. James, depois de a princesa Augusta ser forçada por Frederico a viajar de Hampton Court enquanto estava em trabalho de parto, simplesmente para impedir que os seus odiados pais, o rei Jorge II e rainha Carolina, estivessem presentes.

Com a morte do príncipe de Gales, seu papel como mãe do herdeiro aparente da Coroa tornou-se mais importante, e ela foi nomeada regente prospectiva, causando uma controvérsia política. Pouco tempo depois, ela começou a ser influenciada por John Stuart, 3° Conde de Bute, o tutor de seu filho, e surgiram rumores de que eles estariam a ter um caso amoroso, devido às visitas constantes à princesa, que se mantinha inexorável. Ambos foram expostos ao ridículo pela imprensa. Mesmo com a acessão de Jorge III, a princesa Augusta sofreu hostilidade muito difundida do público. Augusta morreu de câncer na garganta aos cinquenta e dois anos em Carlton House, e seu processo de funeral atraiu desordeiros que seguiram o caixão até a tumba, insultando Augusta. Ela está enterrada na Abadia de Westminster.[2]

Jardins de Kew[editar | editar código-fonte]

A princesa Augusta amplamente alargou os Reais Jardins Botânicos de Kew, depois da morte de seu marido. O arquiteto sir William Chambers construiu muitas estruturas de jardins para ela. Uma delas, o pagode [chinês construído em 1761, ainda está lá.[3]

Títulos, estilos, honras e brasão[editar | editar código-fonte]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 30 de novembro de 1719 – 17 de abril de 1736: Sua Alteza Sereníssima, a princesa Augusta de Saxe-Gota, Duquesa da Saxônia
  • 17 de abril de 1736 – 31 de março de 1751: Sua Alteza Real, a Princesa de Gales
  • 31 de março de 1751 – 8 de fevereiro de 1772: Sua Alteza Real, a Princesa-viúva de Gales

Brasão[editar | editar código-fonte]

Coat of Arms of Augusta of Saxe-Gotha-Altenburg, Princess of Wales.svg
Brasão de Augusta como Princesa de Gales[4]

Descendência[editar | editar código-fonte]

A Família de Frederico, Príncipe de Gales, por George Knapton em 1751 na Royal Collection. Esquerda para direita: Eduardo, Jorge, Augusta, a Princesa de Gales com Carolina Matilde, Isabel, Luísa, Frederico, Guilherme e Henrique.
Nome Nascimento Morte Notas[5]
Augusta da Grã-Bretanha 31 de agosto de 1737 31 de março de 1813 Casou-se com Carlos Guilherme Fernando, Duque de Brunsvique-Volfembutel, com descendência.
Jorge III do Reino Unido 4 de junho de 1738 29 de janeiro de 1820 Casou-se com Carlota de Mecklemburgo-Strelitz, com descendência.
Eduardo, Duque de Iorque e Albany 25 de março de 1739 17 de setembro de 1767 Não se casou, morreu aos 28 anos.
Isabel da Grã-Bretanha 30 de dezembro de 1740 4 de setembro de 1759 Morreu aos 18 anos.
Guilherme Henrique, Duque de Gloucester e Edimburgo 14 de novembro de 1743 25 de agosto de 1805 Casou-se com Maria Walpole, com descendência.
Henrique, Duque de Cumberland e Strathearn 7 de novembro de 1745 18 de setembro de 1790 Casou-se com Ana Luttrell, sem descendência.
Luísa de Gales 19 de março de 1749 13 de maio de 1768 Morreu aos 19 anos.
Frederico da Grã-Bretanha 13 de maio de 1750 29 de dezembro de 1765 Morreu aos 15 anos.
Carolina Matilde da Grã-Bretanha 11 de julho de 1751 10 de maio de 1775 Casou-se com Cristiano VII da Dinamarca, com descendência.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Em sua homenagem, foram batizados os seguintes lugares:

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Williamson, David (1986). Debrett's Kings and Queens of Britain. [S.l.]: Salem House. p. 157. ISBN 978-0-88162-213-3 
  2. Augusta de Saxe-Gota (em inglês) no Find a Grave
  3. Royal Botanic Gardens, Kew. Augusta, Princess of Wales.
  4. Maclagan, Michael; Louda, Jiří (1999). Lines of Succession: Heraldry of the Royal Families of Europe. Londres: Little, Brown & Co. p. 30. ISBN 1-85605-469-1 
  5. Wilkins, William Henry (1904). A Queen of Tears: Caroline Matilda, Queen of Denmark and Norway and Princess of Great Britain and Ireland (Complete). [S.l.]: Library of Alexandria. pp. 16–17. ISBN 978-1-4656-0740-9 
  6. «History». City of Augusta, Georgia. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  7. «History». Augusta County, Virginia. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  8. Thorell, Margaret Murray (2014). Sunbury. [S.l.]: Arcadia Publishing. p. 22. ISBN 978-1-4671-2071-5 
  9. Frederic Guillaume Birnstiel, ed. (1768). Genealogie ascendante jusqu'au quatrieme degre inclusivement de tous les Rois et Princes de maisons souveraines de l'Europe actuellement vivans [Genealogy up to the fourth degree inclusive of all the Kings and Princes of sovereign houses of Europe currently living] (em francês). Bordéus: [s.n.] p. 102 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Augusta de Saxe-Gota