Maria Walpole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria
Retrato por Joshua Reynolds.
Condessa Waldegrave
Reinado 15 de maio de 175928 de abril de 1763
Duquesa de Gloucester e Edimburgo
Reinado 6 de setembro de 176625 de agosto de 1805
 
Cônjuge Guilherme Henrique, Duque de Gloucester e Edimburgo
James Waldegrave, 2.º Conde de Waldegrave
Descendência Elizabeth Waldegrave
Charlotte Waldegrave
Anna Waldegrave
Sofia Matilde de Gloucester
Carolina de Gloucester
Guilherme Frederico, Duque de Gloucester e Edimburgo
Nascimento 10 de julho de 1736
  Londres, Grã-Bretanha
Morte 22 de agosto de 1807 (71 anos)
  Londres, Reino Unido
Enterro Capela de São Jorge, Castelo de Windsor
Pai Edward Walpole
Mãe Dorothy Clement


Maria Walpole (Londres, 10 de julho de 1736Londres, 22 de agosto de 1807) foi um membro da família real britânica, esposa do príncipe Guilherme Henrique. O seu casamento com o príncipe realizou-se sem o conhecimento do rei Jorge III e levou à criação do Decreto de Casamentos Reais de 1772.

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Maria Walpole era filha de Edward Walpole e Dorothy Clement. O seu avô era Robert Walpole, considerado o primeiro-ministro do Reino Unido entre 1721 e 1741. Cresceu em Frogmore House em Windsor, mas os seus pais não eram casados e o seu estatuto de filha ilegítima prejudicou as suas relações sociais, apesar das importantes ligações que a sua família possuía.[1]

Condessa Waldegrave[editar | editar código-fonte]

Maria por Sir Joshua Reynolds.

A 15 de maio de 1759, Maria casou-se com James Waldegrave, 2.º Conde Waldegrave, filho de James Waldegrave, 1.º Conde Waldegrave e de Mary Webbe. Depois do casamento, Maria passou a possuir o título de condessa Waldegrave. O conde morreu a 28 de Abril de 1763, deixando Maria viúva. Tiveram três filhas:

Há um retrato de Maria datado de 1764-65, pintado pouco depois de ela ficar viúva por Sir Joshua Reynolds, em exibição na Dunedin Public Art Gallery.

Duquesa de Gloucester[editar | editar código-fonte]

A 6 de Setembro de 1766, Maria casou-se com o príncipe Guilherme Henrique, duque de Gloucester, na sua casa em Pall Mall, Londres. O duque era o terceiro filho do príncipe Frederico de Gales e irmão do rei Jorge III. O casamento foi realizado em segredo, uma vez que a família real britânica não aceitava um casamento entre um príncipe real e uma viúva com uma posição baixa e com estatuto de filha ilegítima. O casal viveu em St. Leonard's Hill, Clewer, perto de Windsor, e tiveram três filhos[2]:

Este casamento, bem como o de outro irmão seu, o duque de Cumberland, levou à criação do Decreto de Casamentos Reais de 1772, que exigia que todos os descentes do rei Jorge II pedissem autorização ao rei antes de se casar. Contudo, estas regras não tinham efeitos retroactivos, por isso o casamento de Maria com Guilherme Henrique foi considerado legal pelo parlamento. Como tal, Maria tornou-se Sua Alteza Real, a duquesa de Gloucester e Edimburgo. Contudo, devido à fúria de Jorge III em relação ao casamento, Maria nunca foi recebida na corte.

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 10 de julho de 1738 — 15 de maio de 1759: Maria Walpole
  • 15 de maio de 1759 — 28 de abril de 1763: A Muito Honorável A Condessa Waldegrave
  • 28 de abril de 1763 — 6 de setembro de 1766: A Muito Honorável A Condessa Viúva Waldegrave
  • 6 de setembro de 1766 — 25 de agosto de 1805: Sua Alteza Real A Duquesa de Gloucester e Edimburgo
  • 25 de agosto de 1805 — 22 de agosto de 1807: Sua Alteza Real A Duquesa Viúva de Gloucester e Edimburgo

Referências

  1. Belle Assemblée: Or, Court and Fashionable Magazine. 1806.
  2. The Peerage
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Maria Walpole