Celidônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Curando o Homem Nascido Cego por El Greco, aproximadamente 1570 (Staatliche Kunstsammlungen, Dresden)

Celidônio é o nome tradicional atribuído ao homem cego de nascença a quem Jesus curou no Evangelho de João (João 9:1-38). Esta tradição é atestada tanto no Cristianismo oriental como no Catolicismo.

Uma tradição atribui a São Celidônio a fundação da igreja cristã em Nîmes na Gália (atual França).

Santo Demétrio de Rostóvia, em seu Grande Sinaxário, também menciona que o nome do cego era Celidônio.[1]

Na Igreja Ortodoxa Oriental, o relato da cura de Celidônio é contado no "Domingo do Cego", o sexto domingo da Páscoa.[2] Muitos hinos sobre a cura e seu significado são encontrados no Pentecostarion, um livro litúrgico usado durante a época pascal.

Referências

  1. Demetrius of Rostov, Great Synaxarion, entry for January 4, "Synaxis of the Seventy Apostles"
  2. Antiochian Orthodox Christian Archdiocese of North America, Sunday of the Blind Man, accessed 15 May 2016