Championship Manager 01/02

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Championship Manager: Season 01/02
Desenvolvedora(s) Sports Interactive
Publicadora(s) Eidos Interactive
Plataforma(s) PC e Mac OS
Série Championship Manager
Conversões/
relançamentos
Xbox
Data(s) de lançamento PC - 12/10/2001

Mac - 16/11/2001

Gênero(s) Manager de Futebol
Modos de jogo Single-player, hotseat-multiplayer, online multiplayer
Mídia CD-ROM
Último
Championship Manager 00/01
Championship Manager 02/03
Próximo

Championship Manager 01/02 ( também conhecido como CM 01/02) é um jogo de gerência esportiva para computadores, produzido pela Sports Interactive no ano de 2001. É considerado por jogadores e "amantes" do jogo como o melhor da série Championship Manager.

Características[editar | editar código-fonte]

O motor de visualização do jogo consiste na visualização da narração do jogo de forma escrita, fazendo com que o jogador tenha a possibilidade de acompanhar todos os lances da partida virtual. Alguns jogadores confirmam que o jogo tem menos recursos do que algumas versões mais recentes da série, mas o preferem porque o jogo é mais leve, o que o torna mais rápido. Também tem uma interface gráfica simples mas bem construída, o que torna a jogabilidade melhor.

Ligas jogáveis[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Resto do Mundo[editar | editar código-fonte]

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Alguns jogadores dos jogos da série são considerados revelações.

Nesta versão, os principais são o bielorrusso Maxim Tsigalko e o norueguês Morten Gamst Pedersen. Houve em algumas cópias do jogo a criação de um jogador português fictício, Tó Madeira, mas que em grande parte das atualizações do jogo ele foi retirado.

Tó Madeira[editar | editar código-fonte]

Tó Madeira é um personagem fictício do jogo eletrônico de futebol manager Championship Manager.[1] [2] Ele ficou conhecido como um dos melhores jogadores de todos os tempos entre os que nunca existiram, sendo uma verdadeira lenda para os amantes de "Championship Manager". Contratar Tó Madeira era o caminho para sucesso e títulos, o que fez do português um fenômeno cultuado até hoje. Assim como outras grandes lendas dos games de futebol, o maior camisa 9 de mentira da história possui inúmeros fóruns, comunidades e perfis dedicados a ele.[3]

História[editar | editar código-fonte]

No Championship Manager 01/02 havia um atacante do Clube Desportivo de Gouveia, clube que militava então a III Divisão Portuguesa, chamado Tó Madeira, que era uma verdadeira máquina de marcar golos. Assim, ele era o jogador que todos queriam ter na sua equipe[4] .

Sua fama foi tanta que alguns clubes de verdade, especialmente britânicos, que utilizavam a base de dados do jogo para procurar jogadores para os seus projetos desportivos, contataram a produtora Sports Interactive para saber informações sobre o jogador. O que quase ningém sabia era que Tó Madeira na verdade não existia. Ou melhor, existia, mas não era um jogador de futebol[5] .

Depois de várias pesquisas, que incluíram telefonemas de vários pesquisadores portugueses para o próprio Clube Desportivo de Gouveia, a equipe de investigação do jogo em Portugal descobriu que Tó Madeira era um nome fictício, criado pelo próprio investigador da zona, um estudante de engenharia civil, natural de Gouveia e a residir em Coimbra, chamado António Lopes. Ele tinha sido efectivamente jogador do clube, mas ficou-se pelos juvenis[5] .

António Lopes acabou, então, por ser despedido pela Sports Interactive, e a distribuidora Eidos considerou até em lançar uma nova versão do Championship Manager 01/02, sem o célebre Tó Madeira na base de dados. Mas o jogador tinha ganho já condição de mito e, como esta edição do jogo é até hoje um dos exemplares mais vendidos da história, o jogo foi relançado nas lojas oito anos depois com um considerável sucesso[4] [5] .

Receptividade e Fama[editar | editar código-fonte]

Em 2011, surgiu o F.C. Tó Madeira, em sua homenagem. A equipe disputa a Central London Sunday Super League, torneio amador da capital inglesa que tem até site oficial.[6] [7]

Atualizações[editar | editar código-fonte]

O jogo segue sendo atualizado pelo fórum britânico Champman, que lança 2 updates por ano (geralmente em Abril e Outubro).

O game, por retratar a temporada de 2001/02, mesmo jogado com uma database atualizada, possui os campeonatos com formatos defasados: Brasileirão com 28 times e em mata-mata, ocorre a Copa dos Campeões, que não ocorre desde 2002, o Mundial de Clubes da FIFA ocorre a cada 2 anos e outras coisas, além é claro, o jogo têm início no ano de 2002, o que faz os históricos de jogadores e campeonatos não terem datas corretas. Porém nesse mesmo fórum, se encontra o CMPatcher, programa criado pelo usuário Tapani, que possibilita iniciar o jogo em 2015/16, além de acrescentar algumas coisas ao jogo, porém as competições mantém o seu formato original apesar disso.

No entanto é possível jogar a liga Brasileira no seu formato real e atual. No fórum CM 01/02 Brasil (cm0102brasil.forumbrasil.net) se encontra o Brazilian Mod, que é uma versão modificada do update do Champman, contendo modificações na liga brasileira, como: Brasileirão com 20 times e em pontos corridos, sem a Copa dos Campeões, limite de estrangeiros atualizado, inclusão das copas regionais (Copa do Nordeste, Copa Verde e Copa da Primeira Liga) e muitas outras coisas, além de já vir com o CMPatcher aplicado, ou seja, já inicia em 2015/16.







.

Ver também[editar | editar código-fonte]