Chave de Rautek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Chave de Rautek é uma manobra executada para remoção rápida de uma vítima de acidente automobilístico com suspeita de lesão na coluna cervical a ser realizada por um socorrista ou pessoal treinado, que permite a extricação da vítima por uma pessoa sem o uso de equipamentos, desde que a vítima esteja no banco dianteiro não encarceirada (a vítima deve ser acessível pela porta dianteira). A manobra só é indicada em casos de extrema necessidade de extricação do veículo, como parada cardiorrespiratória ou risco de incêndio.[1][2]

Execução[editar | editar código-fonte]

Após realização do ABC rápido - exame dos dados vitais - e de outras tarefas que antecedem o resgate (como sinalização, análise de riscos de novos acidentes e da real necessidade de execução da manobra, pedido de socorro especializado), deve-se seguir os seguintes passos:

  • Liberar o cinto de segurança e os pés da vítima.
  • Com o rosto voltado para a frente do carro, passar o braço direito por trás do ombro direito da vítima e, em seguida, sob sua axila.
  • Pressionar a face da vítima contra a do socorrista com a mão esquerda, para garantir estabilidade ao pescoço.
  • Segurar, com sua mão direita, a vítima pela roupa (cinto da calça, por exemplo) junto com seu braço direito.
  • Girar a vítima 90º graus para a direita e removê-la vagarosamente.[1][2]

Referências

  1. a b SANTOS, Raimundo Rodrigues; CANETTI, Marcelo Dominguez; JÚNIOR, Marcelo Ribeiro; ALVAREZ, Fernando Suarez. Manual de socorro de emergência. Ed. Atheneu; 2000.
  2. a b Núcleo de computação eletrônica - UFRJ.
Ícone de esboço Este artigo sobre medicina é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.