Cláudio Weber Abramo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cláudio Weber Abramo
Em 2013, quando ainda presidia a Transparência Brasil
Nome completo Cláudio Weber Abramo
Nascimento 1946
São Paulo, SP, Brasil
Morte 12 de agosto de 2018 (72 anos)
São Paulo, SP, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Hilde Weber
Pai: Cláudio Abramo
Cônjuge Cristina Penz
Filho(a)(s) Luis Raul, João Baptista, Lucas e Caio
Ocupação Jornalista

Cláudio Weber Abramo (São Paulo, 1946 – São Paulo, 12 de agosto de 2018) foi um jornalista brasileiro, fundador da Transparência Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jornalista, também era bacharel em Matemática pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Filosofia da ciência pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atuou como editor de economia da Folha de S. Paulo, em 1987, e como editor-executivo da Gazeta Mercantil, de 1987 a 1988.[1][2][3]

Foi o vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo, em 2006,[2] e um dos principais articuladores da Lei de acesso à informação, aprovada em 2011.[1]

Era filho do também jornalista Cláudio Abramo, ex-diretor da Folha de S.Paulo e do O Estado de S. Paulo. Sua mãe, Hilde Weber, foi a primeira chargista mulher da imprensa brasileira. Tinha quatro filhos: Luis Raul e João Baptista — do casamento com Sílvia Pompeia — e Lucas e Caio — do casamento com Maria Augusta Fonseca. Era casado com Cristina Penz.[3]

Morreu em 12 de agosto de 2018, vítima de câncer no intestino, descoberto dois anos antes.[3]

Seu nome é usado de homenagem para o Prêmio Cláudio Abramo de Jornalismo de Dados, criado em 2019 com o objetivo de premiar o uso de dados por jornalistas brasileiros.[4][5]

Referências

  1. a b «Morre em São Paulo Claudio Weber Abramo, fundador da Transparência Brasil». G1. Globo. 12 de agosto de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2018 
  2. a b «Pioneiro no jornalismo de dados, Cláudio Weber Abramo morre aos 72, em São Paulo». Folha de S. Paulo. 12 de agosto de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2018 
  3. a b c Hupsel Filho, Valmar (12 de agosto de 2018). «Morre, aos 72 anos, Claudio Weber Abramo, ex-diretor da Transparência Brasil». O Estado de S. Paulo. Consultado em 13 de agosto de 2018 
  4. «Coda.Br 2020: Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados». Escola de Dados. Consultado em 26 de março de 2021 
  5. «Primeiro prêmio de Jornalismo de Dados do Brasil é entregue durante a Coda.br, em SP». Abraji. Consultado em 26 de março de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.