Classe Vision

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Classe Vision
O Legend of the Seas primeiro navio a ser lançado
Origem    Bandeira do país de origem  Bandeira do país de origem
Construtor(es) Kvaerner Masa Yards
Chantiers de l'Atlantique
Lançamento 1994
Período de construção 1995-1998
Precedido por Classe Sovereign
Sucedido por Classe Radiance
Subclasses 3
Unidade inicial MS Legend of the Seas
Unidade final MS Vision of the Seas
Em serviço 1997-presente
Operadores Royal Caribbean International
Planejados 6
Construídos 6
Ativos 6
Características gerais
Tipo Navio de cruzeiro
Tonelagem (AB/GT) Múltipla: 70 000 t (154 000 000 lb) a 80 700 t (178 000 000 lb)
Comprimento Múltipla: 264 m (866 ft) a 300 m (984 ft)
Boca 32 m (105 ft)
Velocidade 22 kn (40,8 km/h)
Tripulação/Equipagem 1200
Passageiros 2076-2446
Notas
Qtd. de conveses: 11

Tecnicamente falando a Classe Vision consiste em 3 pares de navios-irmãos e não uma classe de navios idênticos, como os da Classe Radiance, da Classe Freedom, ou da Classe Voyager.O Legend e o Splendour, construídos em Chantiers de l'Atlantique, Saint-Nazaire, França têm um peso total de aproximadamente 70.000 toneladas e são os únicos navios que têm um campo de golf. O Grandeur e o Enchantment foram construídos em Masa-Jardas de Kvaerner, Helsínquia, Finlandia e pesam aproximadamente 81.000 toneladas brutas. O par, Rhapsody e o Vision foram construídos também em Chantiers de l'Atlantique, e têm um peso de 83.00 toneladas brutas.

Em 2004, uma área do Enchantment of the Seas foi aumentada, permitindo a adição de uma pscina, restaurantes de especialidades, além de mais banheiros, expandindo a área para o conforto dos passageiros.

Em 2015, o Splendour of the Seas foi vendido para o grupo TUI, que o cederá à sua marca Island Cruises. Sua última viagem pela Royal Caribbean ocorrerá em 4 de abril de 2016.[1]

Navios na classe[editar | editar código-fonte]

Legend of the Seas & Splendour of the Seas[editar | editar código-fonte]

Nome Entrada em serviço Tonelagem AB/GT Imagem
Legend of the Seas 16 de maio de 1995 69 130 t (152 000 000 lb) Legend of the Seas (1) (cropped).jpg
Splendour of the Seas 31 de março de 1996 Splendour of the Seas (Split, HR, 2011-07-14) (cropped).jpg
Notas
Construidos em 1995 e 1996 por Chantiers de l'Atlantique, Saint-Nazaire.

Grandeur of the Seas & Enchantment of the Seas[editar | editar código-fonte]

Nome Entrada em serviço Tonelagem AB/GT Imagem
Grandeur of the Seas 14 de dezembro de 1996 73 817 t (163 000 000 lb) GrandeuroftheSeas-NOLA.jpg
Enchantment of the Seas 13 de julho de 1997 82 910 t (183 000 000 lb) Enchantment of the Seas.jpg
Notas
Construidos em 1996 e 1997 por Masa-Jardas de Kvaerner, Finlandia.

Rhapsody of the Seas & Vision of the Seas[editar | editar código-fonte]

Nome Entrada em serviço Tonelagem AB/GT Imagem
Rhapsody of the Seas 19 de maio de 1997 78 491 t (173 000 000 lb) Rhapsody of the Seas in Sydney (cropped).jpg
Vision of the Seas 2 de maio de 1998 78 340 t (173 000 000 lb) Visioncabo.jpg
Notas
Construidos em 1997 e 1998 por Chantiers de l'Atlantique, Saint-Nazaire.

Ver também[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Daniel Capella (2 de março de 2015). «Splendour é vendido e deixará frota da Royal Caribbean em 2016». Portal WorldCruises.com. Consultado em 2 de março de 2015