Complexo Memorial do Rei Mandume

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Complexo Memorial do Rei Mandume localiza-se no município de Namacunde, província do Cunene, no sul de Angola e foi erguido em homenagem a Mandume Ya Ndemufayo, último rei dos cuanhamas.1

Inaugurado em 2002 pelo presidente de Angola José Eduardo dos Santos, na presença do ex-presidente da Namíbia Sam Nujoma, o memorial situa-se a 45 quilómetros da cidade de Ondjiva, capital da província, e foi erguido no local onde o rei foi derrotado pelos portugueses em 1917.2

O complexo inclui o túmulo do rei3 e um palácio de congressos para empresários que queiram iniciar negócios no Cunene.4 Prevê-se a construção de uma biblioteca para arquivo das principais obras relacionadas com o rei Mandume Ya Ndemufayo.5

Referências

  1. Guia Turístico Oficial de Angola
  2. Complexo Turístico do Memorial do Rei Mandume clama por reabilitação
  3. Governador do Cunene destaca bravura e feitos do Rei Mandume
  4. Stead, Mike; RORISON, Sean. Angola (em português). 1.ª ed. Barcelona: Alhena Media-Bradt Travel Guides, 2011. Capítulo: 13. Província de Cunene. , 270 p. p. 220. ISBN 978-84-92963-60-7
  5. Responsável defende criação de biblioteca no memorial do Rei Mandume

Ligações externas[editar | editar código-fonte]