Contenção física

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Contenção física refere-se a práticas para deixas indivíduos inofensivos, restringir movimentos ou mantê-los em cativeiros por meios de algemas, correntes, camisa de força, cordas ou qualquer outra forma de contenção. Alternativamente, técnicas de combate ou apenas força podem ser utilizados para conter uma pessoa.

Pulso algemado a uma corrente

Para métodos de contenção com finalidades médicas ou psiquiátricas, veja contenção médica.

A contenção física pode ser utilizada:

Conter uma pessoa contra a sua vontade geralmente constitui crime, a não ser que explicitamente permitido por lei. O mau uso de contenção física pode resultar em morte.

A contenção física pode ser perigosa, algumas vezes de formas inesperadas. Exemplos incluem:

  • asfixia postural
  • estrangulamento involuntário
  • morte por asfixia ou vômito
  • morte por incapacidade de fugir em caso de fogo ou outro desastre
  • morte por desidratação ou desnutrição devido à incapacidade de fugir
  • restrição da circulação sanguínea
  • dano aos nervos periféricos
  • dano aos vasos sanguíneos por lutar contra a contenção
  • morte por hipotermia ou hipertermia