Corinne Diacre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Corinne Diacre
Informações pessoais
Nome completo Corinne Diacre
Data de nasc. 4 de agosto de 1974 (44 anos)
Local de nasc. Croix,  França
Altura 1,76 m (5 ft 9 in)
Informações profissionais
Equipa atual França França
Posição Treinadora (Zagueira)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19882007 Soyaux
Seleção nacional
19932005 França França 121 (14)
Times/Equipas que treinou
20072013

20142017
2017–presente
França França (assistente)
França Soyaux
França Clermont Foot
França França
Última atualização: 21 de março de 2018

Corinne Diacre (Croix, 4 de agosto de 1974) é uma treinadora e ex-zagueira francesa. Jogou toda sua carreira na Division 1 Féminine pelo Soyaux, bem como pela Seleção Francesa de Futebol Feminino entre 1993 e 2005. Em agosto de 2014, ela se tornou a primeira mulher a treinar uma equipe profissional masculina em uma partida na França, pelo clube Clermont Foot, à época na Ligue 2.[1]

Carreira como futebolista[editar | editar código-fonte]

Defensorq central, ela assinou uma licença em 1988 no clube amador de ASJ Soyaux e foi rapidamente notada pela sua personalidade forte. Em 9 de março de 1993, aos 18 anos, ela jogou sua primeira partida pelo time e anos depois viria a se tornar capitã do time. Como parte da seleção francesa participou das edições do Campeonato Europeu de Futebol Feminino de 1997, 2001 e 2005 e da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2003, servindo como capitã da equipe.[2] Com 121 partidas, ela é a terceira jogadora com mais jogos pela seleção feminina.[3]

Em agosto de 2005, depois de doze anos na equipe francesa, anunciou sua aposentadoria internacional aos 31 anos. Ela começou a temporada 2006-2007 na Division 1 Féminine com a equipe do ASJ Soyaux, apesar de várias propostas de clubes americanos. Em outubro de 2006, se lesionou durante o partida entre Montpellier e Soyaux, sofrendo uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Essa lesão levou ela a terminar, aos 32 anos, sua carreira como futebolista.

Carreira como treinadora[editar | editar código-fonte]

Após o fim da carreira como futebolista, Diacre foi contratada como treinadora de sua ex-equipe, o Soyaux,[4] bem como auxiliar técnica da seleção francesa feminina.[5]

Em 2014 ela obteve a licença da Federação Francesa de Futebol para treinar equipes profissionais da Ligue 1 e Ligue 2.[6] Ainda em 2014, Corinne foi contratada pelo Clermont Foot Auvergne 63, da Ligue 2, após a rejeição de outra mulher em treinar a equipe, Helena Santos e Costa, tornando Diacre a primeira treinadora mulher de uma equipe profissional masculina na França.[7] Na temporada 2014-2015 anotou a primeira vitória na sexta rodada contra o Le Havre,[8] terminando a competição com a equipe em 12º lugar. Na temporada 2014-2015 ela teve o contrato renovado por dois anos.[9] No final de 2015, ela foi eleita pela France Football como a melhor treinadora da Ligue 2.[10] A equipe do Clermont Foot terminou a temporada 2015-2016 em sétimo e a temporada 2016-2017 em 12º lugar.

Em 30 de agosto de 2007, Corinne foi nomeada para substituir Olivier Echouafni treinadora da Seleção Francesa feminina, por um período de quatro anos.[11]

Referências

  1. «Clermont lose first match as Corinne Diacre makes history in France» (em inglês). The Guardian. 4 de agosto de 2014. Consultado em 21 de março de 2018. 
  2. Diacre targets team triumph
  3. Statistics
  4. Corinne Diacre à la réunion des entraîneurs de D1-D2 Féminines. ASJ Soyaux's website
  5. «Mondial-2011 dames: Corinne Diacre joueuse devenue sélectionneuse» (em francês). L'Express. 11 de julho de 2011. Consultado em 21 de março de 2018. 
  6. «Corine Diacre, la nouvelle Helena Costa du foot français ?» (em inglês). Europe 1. 13 de maio de 2014. Consultado em 21 de março de 2018. 
  7. «Clermont Foot appoint second female manager in Corinne Diacre» (em inglês). The Guardian. 28 de junho de 2014. Consultado em 21 de março de 2018. 
  8. «DIJON PREND LA TÊTE, DIACRE GAGNE ENFIN !» (em francês). So Foot. 12 de setembro de 2014. Consultado em 21 de março de 2018. 
  9. «Corinne Diacre au Clermont Foot jusqu'en 2018» (em inglês). France.3. 22 de setembro de 2015. Consultado em 21 de março de 2018. 
  10. «Rétro 2015 : le football a adoubé Corinne Diacre» (em inglês). Le Parisien. 31 de dezembro de 2015. Consultado em 21 de março de 2018. 
  11. «Équipe de France féminine : Olivier Échouafni viré, Corinne Diacre nommée» (em inglês). L'Équipe. 30 de agosto de 2017. Consultado em 21 de março de 2018. 
Precedido por
Olivier Echouafni
Treinadora da Seleção Brasileira Feminina
2017–
Sucedido por