Crônica Ilustrada de Ivan, o Terrível

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crônica Ilustrada de Ivan, o Terrible
Лицевой летописный свод
Facial Chronicle - b.07, p.028a - Death of Fedor Romanovich of Ryazan.jpg
A morte do príncipe Fiódor Románovich de Riazan.
Idioma Antigo eslavo
Gênero Crônica
Formato 10 volumes
Páginas 10.000

A Crônica Ilustrada de Ivan, o Terrível (Лицевой летописный свод, em russo) é a maior compilação de informações históricas da Rússia medieval. Cobre o período da criação do mundo até o ano 1567.[1] é tambem conhecido, informalmente, como o Livro do Czar (Царь-книга, em russo), em analogia com Sino Tsar e Canhão do Tsar[2]

O conjunto de manuscritos foi encomendado por Ivan, o Terrível especificamente para a sua biblioteca real.[1] A tradução literal do título russo é "Crônica Facial," em alusão as numerosas miniaturas pintadas a mão. A compilação consiste em 10 volumes, contendo cerca de 10 mil folhas de papel de algodão. É ilustrada com mais de 16 mil miniaturas.

Volumes[editar | editar código-fonte]

Cronografia Ilustrada

Os volumes estão agrupados em ordem cronológica relativa, e inclui quatro grandes áreas: História bíblica, História de Roma, História Bizantina e História Russa. Os títulos e conteúdos dos 10 volumes são:

  1. Museu Miscelânia (Музейский сборник, Museu Histórico do Estado) – 1031 páginas, 1677 miniaturas. História sagrada hebráica e história Grega, da criação do mundo até Guerra de Tróia no Século XIII a.C..
  2. Miscelânia Cronográfica (Хронографический сборник, Biblioteca da Academia Russa de Ciências) – 1469 páginas, 2549 miniaturas. História do Leste Antigo, o Período helenístico, and Roma Antiga do Século XI a.C. aos anos 70 do Século I.
  3. Cronografia Ilustrada (Лицевой хронограф, Biblioteca Nacional da Rússia) – 1217 páginas, 2191 miniaturas. História do Império Romano dos anos 70 do Século I até 337, e História do Império Bizantino até o Século X.
  4. Volume de Galitzine (Голицынский том, Biblioteca Nacional da Rússia) – 1035 páginas, 1964 miniaturas. História russa de 11141247 e 1425-1472.
  5. Volume de Laptev (Лаптевский том, Biblioteca Nacional da Rússia) – 1005 páginas, 1951 miniaturas. História russa de 1116-1252.
  6. Volume de Osterman I (Остермановский первый том, Biblioteca da Academia Russa de Ciências) – 802 páginas, 1552 miniaturas. História russa de 1254-1378.
  7. Volume de Osterman II (Остермановский второй том, Biblioteca da Academia Russa de Ciências) – 887 páginas, 1581 miniaturas. História russa de 1378-1424.
  8. Volume de Shumilov (Шумиловский том, Biblioteca Nacional da Rússia) – 986 páginas, 1893 miniaturas. História russa em 1425, e 1478-1533.
  9. Volume de Synod (Синодальный том, Museu Histórico do Estado) – 626 páginas, 1125 miniaturas. História russa de 15331542, e 1553-1567.
  10. Livro do Czar (Царственная книга, Museu Histórico do Estado) – 687 páginas, 1291 miniaturas. História russa de 1533-1553.

História[editar | editar código-fonte]

Se acredita que foi escrito entre 1568 e 1576. A obra parece ter sido iniciada na Década de 1540.[3] Foi comissionada por Ivã, o Terrível para sua biblioteca particular, com propósito de educar seus filhos.[4] O confidente do czar, Aleksey Adashev esteve eenvolvido na criação da obra.[3]

A Crônica foi preservada durante muito tempo na biblioteca do czar, mas em 1683 é entregue à Câmara de Ofícios, e rapidamente dividido em partes, cada uma delas com um destino particular. Assim, por exemplo, a Cronografia Ilustrada aparece no catálogo da Corte de Impressões em 1727 e por volta de 1175. Em 1786 aparece no registro da biblioteca tipográfica, destinado a ser transmitido à Biblioteca do Sínodo.

Referências

  1. a b «Personal Chronicle of Ivan the Terrible». Centralna Narodna biblioteka "Đurde Crnojevic". 12 de abril de 2012. Consultado em 30 de julho de 2012 
  2. Museu Histórico apresentou o Tsar-Knigu - Crônica Facial (em russo) (10 de Maio de 2015)
  3. a b Article "Personal Chronicle" in the TSB
  4. «Tsar's illustrated history textbook available online». RT News. TV Novosti. 24 de junho de 2010. Consultado em 31 de agosto de 2012. Arquivado do original em 7 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]