Dave Berry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dave Berry
Dave Berry (1966).jpg
Berry em 1966.
Informação geral
Nome completo David Holgate Grundy
Nascimento 6 de fevereiro de 1941 (77 anos)
Woodhouse,[1] Reino Unido
Gênero(s) R&B, pop
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1963–
Gravadora(s) Decca, See for Miles, Blues Matters!, RPM
Afiliação(ões) Dave Berry and the Cruisers
Página oficial [1]

David Holgate Grundy (Woodhouse, Sheffield, 6 de fevereiro de 1941), conhecido artisticamente por Dave Berry, é um cantor pop britânico, que fez sucesso na década de 1960, principalmente entre as adolescentes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Berry apresentava uma mistura de R&B com baladas pop. Ele foi extremamente popular nas paradas musicais do Reino Unido por um tempo, mas nunca conseguiu conquistar mercados estrangeiros. Em sua carreira, iniciada em 1963, destacam-se "The Crying Game" (1964), "Mama" (1966), "This Strange Effect" (1965) e "Little Things" (também de 1965), famosa na voz de Bobby Goldsboro. Ainda integrou uma banda intitulada Dave Berry and the Cruisers, composta por John Fleet (baixo e piano), Roy Barber (guitarra), Frank Miles (guitarra) e Kenny Slade (bateria).

Duas de suas músicas tiveram regravações conhecidas: "Don't Give Me No Lip Child" ganhou uma versão dos Sex Pistols, enquanto "The Crying Game" foi regravada pelo também britânico Boy George, para a trilha sonora do filme homônimo, lançado em 1992. No total, Berry lançou 8 discos (2 EPs e 6 LPs), um DVD e 5 álbuns especiais.

Referências

  1. «Dave Berry - Celebrating 40 years of Rock.». About Derbyshire. 12 de junho de 2007. Consultado em 3 de outubro de 2015.