David Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

David Machado (Cabo Verde, 1938 - Rio de Janeiro, 1995) foi um maestro brasileiro. Regeu importantes orquestras do país e do exterior. Formado pela Academia de Música de Freiburg, Alemanha, era reconhecido pelo seu amplo repertório não só sinfônico, como também operístico. Foi Diretor Artístico e Regente Principal da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e Orquestra Sinfônica do Theatro Mvnicipal de São Paulo, Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Regente Titular da OSSODRE (Orquesta Sinfónica do Servicio Oficial de Difusión, Radiotelevisión y Espectáculos) do Uruguai. Na Itália, onde morou 15 anos, regeu a Orquestra Sinfônica Siciliana, a Orquestra do Teatro Massimo de Palermo e a Ópera de Roma. Recebeu importantes prêmios internacionais e foi convidado para reger algumas das maiores orquestras sinfôncias do mundo, mas sempre manteve uma ocupação especial com a educação musical dos jovens brasileiros. Em 1982, fundou a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro. Foi também professor convidado da cadeira de Regência da Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Era casado com a violoncelista Fiorella Solares, que deu continuidade ao seu projeto Ação Social pela Música do Brasil de atração de jovens para a música, iniciado através de uma ONG em 1995.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Pablo Komlós
Diretor artístico, regente principal, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre
1978–1980
Sucedido por
Eleazar de Carvalho
Precedido por
Eleazar de Carvalho
Diretor artístico, regente principal, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre
1992–1993
Sucedido por
Cláudio Ribeiro


Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música Erudita
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.