Dino vs. Dino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Dino vs. Dino"
Single de Far From Alaska
do álbum modeHuman
Lançamento 8 de outubro de 2013
Formato(s) Download digital
Gravação 2013 no estúdio Cantos do Trilho, no Rio de Janeiro[1]
Gênero(s) Rock alternativo, stoner rock
Duração 4:10
Gravadora(s) Deckdisc
Composição Cris Botarelli
Edu Filgueira
Emmily Barreto
Lauro Kirsch
Rafael Brasil

"Dino vs. Dino" é o single de estreia da banda brasileira de stoner rock Far From Alaska. É também a terceira faixa de seu álbum de estreia, modeHuman. A canção recebeu um vídeo, gravado nas Dunas do Rosado, em Porto do Mangue, Rio Grande do Norte, estado de origem do grupo.[2] Foi lançado em 8 de outubro de 2013, com estreia exclusiva no portal Tenho Mais Discos que Amigos!.[1][3]

Composição e letra[editar | editar código-fonte]

A faixa recebeu o nome "Dino vs. Dino" devido ao seu riff introdutório, que a banda associa aos passos de um grande dinossauro.[4] A faixa, que é a favorita do guitarrista Rafael Brasil, já havia sido apresentada ao vivo por diversas vezes, mas ainda em versões rudimentares e com letras improvisadas.[4]

A letra de "Dino vs. Dino" gira em torno de um desentendimento entre uma das integrantes da banda e um grande amigo dela.[3][4] Mais especificamente, esse amigo revelou a outras pessoas uma história "sórdida" sobre a tal integrante, da qual ele também participou mas tenta se eximir de qualquer culpa. Na faixa, então, o primeiro verso traz a versão do amigo, e o refrão traz a versão da integrante, na qual ela afirma que ele também tem culpa na história e que, quando era ele o protagonista de uma história sórdida, ela era leal com ele. Segundo o baixista Edu Figueira, hoje a integrante e o sujeito retratado na canção já são amigos novamente.[4]

Vídeo[editar | editar código-fonte]

Dunas do Rosado, onde o vídeo de "Dino vs. Dino" foi gravado.

A intenção original da banda era lançar apenas um lyric video, mas, em conversas com Rafael, o co-diretor Cléver Cardoso o convenceu a fazer um vídeo completo devido à faixa ser "muito boa só pra um lyric video".[3] O projeto chegou a ser cancelado por medo de que desse errado, mas acabou ressuscitado posteriormente.[3] A ideia de gravar o clipe nas Dunas do Rosado, em Porto do Mangue, era brincar com o nome da banda, que significa "Longe do Alaska". Cléver comentou:[3]

Durante as gravações, que duraram das 3h30 às 18h, a banda e a equipe da produtora Granada Filmes enfrentaram carros atolados, tempestades de areia, insolação, chuva, ferimentos causados pelos espinhos da única árvore existente no local, pedais de guitarra soterrados e perdidos na areia, entre outros problemas.[3] Vários clipes de bandas tocando em desertos serviram de referência para o vídeo, incluindo a cena do solo de Slash no clipe de "November Rain", dos Guns N' Roses.[3]

Referências

  1. a b Albuquerque, Angélica (4 de outubro de 2013). «Far From Alaska - Save the Date - TMDQA!». Tenho Mais Discos Que Amigos!. Consultado em 22 de Dezembro de 2014 
  2. Santos, Alessandra Braz (14 de agosto de 2014). «Entrevista: Far From Alaska (RN)». Porão do Rock. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  3. a b c d e f g Albuquerque, Angélica (8 de outubro de 2013). «Estreia exclusiva: Far From Alaska - "Dino vs Dino" - TMDQA!». Tenho Mais Discos Que Amigos!. Consultado em 22 de Dezembro de 2014 
  4. a b c d Arruda, Renata (16 de dezembro de 2014). «Revitalizando o peso». Revista O Grito!. Consultado em 22 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]