Diocese de Strängnäs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diocese de Strängnäs
Stregnensis
Localização
País  Suécia
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese luterana de Uppsala
Estatísticas
População 577 062
Paróquias 70
Informação
Denominação Protestante (Luterana)
Criação século XII
Catedral Catedral de Strängnäs
Governo da diocese
Bispo Hans-Erik Nordin
Jurisdição Diocese
Página oficial www.svenskakyrkan.se/strangnasstift

A Diocese de Strängnäs ou Estregnésia (em sueco: Strängnäs stift; em latim: Diocesis Stregnensis) é uma das dioceses constituintes da Igreja da Suécia e está sediada na Catedral de Strängnäs, na cidade homônima.[1] Abrange a maior parte das províncias de Nerícia e Sudermânia, compreendendo aproximadas 70 paróquias (församling).[2] Foi criada no século XII por São Ésquilo, que lá faleceu. A diocese foi originalmente sufragânea da Diocese de Lunda, que em 1104 foi elevada a arquidiocese.[3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Em 829, Ansgário e Vitmar, chegando a Björkö, foram bem recebidos e converteram muitas pessoas. Ao retornar à Germânia em 831, Ansgário foi elevado a arcebispo de Hamburgo pelo papa Gregório IV (r. 827–844). Outra lenda diz que São Ésquilo, ao perturbar um ritual viquingue na região, foi morto pelo rei Sueno (r. 1083–1085).[3]

Território da Diocese de Strängnäs

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • «Strängnäs stift». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo. 2018 
  • Schmid, Toni (2019). «Eskil». Svenskt biografiskt lexikon (Dicionário Biográfico Nacional Sueco) 
  • «Historik» (em sueco). Igreja da Suécia – Diocese de Strängnäs. 2019a 
Ícone de esboço Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.